Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2017 > 05 > Pavimentação da BR-163 é prioridade, diz ministro

Infraestrutura

Pavimentação da BR-163 é prioridade, diz ministro

Transporte

Rodovia é importante para escoamento da produção de grãos do País; obras devem começar com fim do período de chuvas
por Portal Brasil publicado: 16/05/2017 19h53 última modificação: 18/05/2017 15h37

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil vai priorizar a pavimentação da BR-163, no Pará. Segundo o ministro Maurício Quintella, a obra é considerada fundamental para o escoamento da produção do País.

Parte das empresas já estão contratadas, e as obras vão iniciar assim que as chuvas na região acabarem.

“Não vamos permitir que aconteça na próxima safra o que aconteceu nessa, por isso o Ministério dos Transportes se preparou do ponto de vista orçamentário para resolver de uma vez por todas o problema de escoamento da produção do Brasil via BR-163”, disse o ministro.

A rodovia é a principal ligação entre a maior região produtora de grãos do País, em Mato Grosso, e os portos da Região Norte. Em março, parte da estrada que não é pavimentada ficou interditada por causa da chuva, impedindo a passagem de caminhões com cargas.

O ministro disse também que o trecho da Ferrovia Norte-Sul entre Estrela D'Oeste (SP) e Porto Nacional (TO) deve estar concluído até o início do ano que vem. Segundo ele, essa é uma das obras prioritárias para o governo.

“Ela é a espinha dorsal do Brasil. Carga é o que não falta para que essa ferrovia seja um sucesso e um grande corredor ferroviário logístico no nosso país”, disse, lembrando que outros trechos da rodovia foram incluídos no programa de concessões do governo.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Lei sancionada regulamenta prorrogação de concessões em transporte
Presidente Michel Temer sancionou, com vetos, a lei que regulamenta as condições para a prorrogação de contratos de parceria na área de transportes
Setor de aviação civil está em rota de crescimento, diz ministro dos Transportes
Maurício Quintella disse que o setor está em rota de crescimento após 19 meses de quedas sucessivas na demanda por voos
Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Presidente Michel Temer sancionou, com vetos, a lei que regulamenta as condições para a prorrogação de contratos de parceria na área de transportes
Lei sancionada regulamenta prorrogação de concessões em transporte
Maurício Quintella disse que o setor está em rota de crescimento após 19 meses de quedas sucessivas na demanda por voos
Setor de aviação civil está em rota de crescimento, diz ministro dos Transportes
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros

Últimas imagens

Condutores devem sempre respeitar os limites de velocidade e usar o cinto de segurança
Condutores devem sempre respeitar os limites de velocidade e usar o cinto de segurança
Thiago Amaral/Governo do Piauí
O recadastramento é válido somente para os veículos que vincularam o código do adesivo à placa
O recadastramento é válido somente para os veículos que vincularam o código do adesivo à placa
Diego Gurgel/Governo do Acre
Empreendimentos são compostos por apartamentos de 44,90 m² avaliados em R$ 64 mil cada
Empreendimentos são compostos por apartamentos de 44,90 m² avaliados em R$ 64 mil cada
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades
Incidente não causou nenhuma vítima, e a água seguiu por um riacho até chegar ao rio Moxotó
Incidente não causou nenhuma vítima, e a água seguiu por um riacho até chegar ao rio Moxotó
Divulgação/Ministério da Integração Nacional
O edital prevê o pagamento máximo de R$ 963 mil para cada projeto aprovado
O edital prevê o pagamento máximo de R$ 963 mil para cada projeto aprovado
Foto: José Medeiros/Governo do Mato Grosso

Governo digital