Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2017 > 05 > Pavimentação da BR-163 é prioridade, diz ministro

Infraestrutura

Pavimentação da BR-163 é prioridade, diz ministro

Transporte

Rodovia é importante para escoamento da produção de grãos do País; obras devem começar com fim do período de chuvas
por Portal Brasil publicado: 16/05/2017 19h53 última modificação: 18/05/2017 15h37

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil vai priorizar a pavimentação da BR-163, no Pará. Segundo o ministro Maurício Quintella, a obra é considerada fundamental para o escoamento da produção do País.

Parte das empresas já estão contratadas, e as obras vão iniciar assim que as chuvas na região acabarem.

“Não vamos permitir que aconteça na próxima safra o que aconteceu nessa, por isso o Ministério dos Transportes se preparou do ponto de vista orçamentário para resolver de uma vez por todas o problema de escoamento da produção do Brasil via BR-163”, disse o ministro.

A rodovia é a principal ligação entre a maior região produtora de grãos do País, em Mato Grosso, e os portos da Região Norte. Em março, parte da estrada que não é pavimentada ficou interditada por causa da chuva, impedindo a passagem de caminhões com cargas.

O ministro disse também que o trecho da Ferrovia Norte-Sul entre Estrela D'Oeste (SP) e Porto Nacional (TO) deve estar concluído até o início do ano que vem. Segundo ele, essa é uma das obras prioritárias para o governo.

“Ela é a espinha dorsal do Brasil. Carga é o que não falta para que essa ferrovia seja um sucesso e um grande corredor ferroviário logístico no nosso país”, disse, lembrando que outros trechos da rodovia foram incluídos no programa de concessões do governo.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos

Últimas imagens

Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Arquivo/PAC
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
Foto: Vanderlei Tacchio/Eletrosul
Empreendimento da Faixa 1 do programa contempla famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil
Empreendimento da Faixa 1 do programa contempla famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil
Foto: Rodrigo de Oliveira/Caixa
Todas as viagens de transporte interestadual rodoviário são abrangidas pela nova regulamentação
Todas as viagens de transporte interestadual rodoviário são abrangidas pela nova regulamentação
Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília
Também foram liberados R$ 3 milhões para obras de saneamento no Amapá
Também foram liberados R$ 3 milhões para obras de saneamento no Amapá
Divulgação/Caixa

Governo digital