Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2017 > 11 > Conheça o programa Agora, é Avançar, iniciativa que vai retomar o crescimento do Brasil

Infraestrutura

Conheça o programa Agora, é Avançar, iniciativa que vai retomar o crescimento do Brasil

Investimento

Ao todo, a iniciativa prevê investimentos de R$ 130 bilhões em três eixos até o fim de 2018; programa contempla obras estruturantes e sociais
publicado: 24/11/2017 13h18 última modificação: 24/11/2017 13h18

Lançado neste mês pelo Governo do Brasil, o programa Agora, é Avançar vai alavancar o setor de infraestrutura e promover investimentos. O aporte de R$ 240 milhões anunciados nesta sexta-feira (24) para a construção da segunda ponte sobre o Rio Guaíba, por exemplo, é um dos projetos do programa.

Ao todo, a iniciativa prevê investimentos de R$ 130 bilhões em três eixos até o fim de 2018. Para o eixo Avançar, o orçamento é de R$ 42 bilhões e uma carteira de projetos com mais de 7 mil empreendimentos; Avançar Cidades, são quase R$ 30 bilhões de financiamento em mais de 1.100 projetos; e Avançar Energia, com investimentos de mais de R$ 58 bilhões e 97 projetos.

Os recursos serão aplicados em obras estruturantes nas áreas de saúde, educação, transporte, saneamento, esporte, cultura, defesa, comunicações, energia e habitação, que fortalecerão as infraestruturas econômica e urbana do País.

O Avançar também contempla obras sociais e beneficiará milhões de famílias. Serão 800 mil novas contratações de unidades habitacionais por meio do Minha Casa Minha Vida, sendo 85 mil para a faixa 1 (renda até R$ 1,8 mil) e outras 650 mil para a faixa 2 (renda de até R$ 4 mil), financiados pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e subvenção com participação de recursos do Orçamento Geral da União (OGU).

Todo cidadão pode acompanhar as obras e cobrar resultados. Para isso, basta acessar o site www.avancar.gov.br ou baixar o aplicativo para celulares com sistema android na Play Store. 

Fonte: Secretaria-Geral da Presidência 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil