Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2018 > 01 > Moradores de Jacarepaguá (RJ) recebem 800 novas moradias

Infraestrutura

Moradores de Jacarepaguá (RJ) recebem 800 novas moradias

Habitação

Nesta terça-feira (30), o ministro Moreira Franco inaugurou os lares, entregues pelo Avançar, e afirmou que prioridade do programa é a geração de empregos
publicado: 30/01/2018 19h59 última modificação: 30/01/2018 22h25

O programa Agora, é Avançar mudou, na manhã desta terça-feira (30), a vida de cerca de 3,2 mil moradores do bairro Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Eles passarão a morar no Residencial Vila Carioca, inaugurado em cerimônia que contou com a presença do ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Moreira Franco; e do presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, entre outras autoridades.

Investimentos

A União investiu R$ 99 milhões na construção do residencial, e cada uma das moradias custou R$ 75 mil. Só no Rio de Janeiro, devem ser concluídos 218 projetos este ano em um investimento de R$ 10,54 bilhões. 

Qualidade de vida

Cada moradia entregue tem 43 m²  10 delas foram adaptadas para pessoas com deficiência. A área foi urbanizada, com pavimentação, drenagem, iluminação e rede de água e esgoto. Os moradores contarão ainda com creches, escolas e posto de saúde nas proximidades.

“Estamos entregando, sem sombra de dúvida, um dos melhores empreendimentos imobiliários da cidade do Rio de Janeiro, que tem uma cobertura técnica de qualidade  uma das melhores da nossa cidade”, garantiu o ministro Moreira Franco.

Brasil que avança

Lançado em 2017, o Agora, é Avançar tem como meta concluir mais de 7 mil obras em todo o Brasil. “O programa Avançar vai entregar pelo Brasil vários empreendimentos na área de habitação, saneamento, eletricidade, petróleo, enfim, todas as áreas, para que possamos gerar empregos. O objetivo do programa, sobretudo, é a geração de emprego”, disse Moreira Franco.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da Secretaria-Geral da Presidência da República, do Programa Avançar, do Ministério das Cidades

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil