Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2010 > 09 > Desmatamento na Amazônia é o menor em 20 anos

Geral

Desmatamento na Amazônia é o menor em 20 anos

por Portal Brasil publicado: 23/09/2010 10h34 última modificação: 28/07/2014 11h45

O Brasil registrou em 2009 o menor índice de desmatamento na Amazônia nos últimos 20 anos. Entre agosto de 2008 e julho de 2009 foram 7,5 mil Km² de área destruída, uma redução de 75% em relação a 2004.

Por trás desse índice, está o Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAM), lançado em 2004 como resposta governamental às crescentes taxas de desmatamento na região. O plano engloba ações integradas de ordenamento territorial e fundiário, monitoramento e controle ambiental, fomento a atividades produtivas sustentáveis, envolvendo parcerias entre órgãos federais, governos estaduais, prefeituras, entidades da sociedade civil e o setor privado.

Um dos pilares do PPCDAM é um arrojado sistema de monitoramento por satélite que subsidia as operações de fiscalização na Amazônia. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) utiliza o Prodes (Programa de Cálculo de Desflorestamento da Amazônia), um dos mais avançados do mundo para identificação e quantificação de processos de desmatamento em áreas florestais.  Outro sistema é o Deter, que faz um levantamento quinzenal a partir de imagens de satélites de menor resolução.

O Prodes fornece as imagens para a comparação entre um ano e outro. Só registra áreas onde ocorreu o corte raso na floresta. O Deter opera durante todo o ano e tem a função de alertar sobre novos focos de desmatamento, permitindo a ação imediata do governo. Além da Amazônia, outros biomas, a começar pelo Cerrado, poderão ser monitorados pelos sistemas. O governo já desenvolve projetos piloto com dados preliminares do desmatamento no Cerrado, Caatinga, Pantanal e Mata Atlântica de 2002 a 2008.

 

Monitoramento ampliado

Além da fiscalização feita na Amazônia, o Brasil também conta com o Monitoramento Nacional de Queimadas, complementados pelo Mapeamento da Cobertura Vegetal e Uso do Solo de todos os biomas brasileiros e do Monitoramento de Recifes de Coral (ReefCheck). Esses sistemas dão ao Brasil condições de diagnosticar com precisão onde ocorre a destruição de habitats, principal causa da perda de biodiversidade no País.
Com a organização das informações sobre os biomas e orientação das políticas públicas com base em dados precisos e avançados, o Brasil se alinha às expectativas mundiais de cumprimento das metas da CDB.

Além disso, instrumentos específicos de cadastramento ambiental de imóveis rurais já estão sendo implementados em alguns estados, como o Mato Grosso e o Pará. O sistema serve para identificar o cumprimento do Código Florestal (a lei brasileira de proteção às florestas) para uma adequada gestão da paisagem.

Com a ajuda dessas ferramentas e mais investimentos, o Brasil aumentou a capacidade de fiscalizar o cumprimento da legislação ambiental, recuperando áreas de proteção, reservas legais e promovendo a regularização fundiária em regiões críticas, como o Arco do Desmatamento, no sul Amazônia. O avanço também permitiu o aperfeiçoamento dos cadastros de produtores rurais e o aprimoramento da estratégia de aplicação dos recursos da compensação ambiental.

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

Ibama vai contratar cerca de 800 novos brigadistas florestais
Para prevenir e combater incêndios florestais, Ibama contrata cerca de 800 novos brigadistas para atuação temporária
PrevFogo utiliza dados coletador pelo Inpe para combater incêndios
Nesta época do ano, o Prevfogo intensifica a fiscalização das áreas florestais e diminui o índice de áreas destruídas por incêndios
Campanha mundial alerta sobre tráfico de pessoas
Secretaria dos Direitos Humanos do Rio de Janeiro aderiu à campanha Coração Azul com ações de conscientização e alerta sobre o crime
Para prevenir e combater incêndios florestais, Ibama contrata cerca de 800 novos brigadistas para atuação temporária
Ibama vai contratar cerca de 800 novos brigadistas florestais
Nesta época do ano, o Prevfogo intensifica a fiscalização das áreas florestais e diminui o índice de áreas destruídas por incêndios
PrevFogo utiliza dados coletador pelo Inpe para combater incêndios
Secretaria dos Direitos Humanos do Rio de Janeiro aderiu à campanha Coração Azul com ações de conscientização e alerta sobre o crime
Campanha mundial alerta sobre tráfico de pessoas

Últimas imagens

Tema central do seminário deste ano será parcerias
Tema central do seminário deste ano será parcerias
Divulgação/ICMBio
Decreto que extingue a Renca determina proteção à vegetação, unidades de conservação e terras indígenas
Decreto que extingue a Renca determina proteção à vegetação, unidades de conservação e terras indígenas
Foto: Jefferson Rudy/MMA
Ciman atua em incêndios de nível 3, que exigem acionamento de recursos federais ou de outros estados
Ciman atua em incêndios de nível 3, que exigem acionamento de recursos federais ou de outros estados
Foto: Chico Valdiner/Governo do Mato Grosso
Todos os estados da Amazônia Legal apresentaram redução, segundo Instituto Imazon
Todos os estados da Amazônia Legal apresentaram redução, segundo Instituto Imazon
Arquivo/Agência Brasil
Conversão de multas será usada para recuperação de áreas degradas de afluentes do São Francisco
Conversão de multas será usada para recuperação de áreas degradas de afluentes do São Francisco
Foto: Gilberto Soares/MMA

banner_servico.jpg

Governo digital