Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2012 > 04 > País investe em ações para incentivar a coleta seletiva

Meio Ambiente

País investe em ações para incentivar a coleta seletiva

Reciclagem e meio ambiente

Campanhas ajudam a divulgar os benefícios ambientais, sociais e econômicos do reaproveitamento dos resíduos sólidos
por Portal Brasil publicado: 11/04/2012 18h42 última modificação: 29/07/2014 09h01
Ana Nascimento/ABr Latas de reciclagem em frente ao Ministério da Educação, colocadas no lançamento do programa Reeducar para Conservar

Latas de reciclagem em frente ao Ministério da Educação, colocadas no lançamento do programa Reeducar para Conservar

Para preparar a sociedade brasileira para uma mudança de comportamento em relação à coleta seletiva do lixo e ressaltar os benefícios ambientais, sociais e econômicos do reaproveitamento dos resíduos sólidos para o Brasil, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) realiza campanhas permanentes como a “Separe o lixo e acerte na lata”. 

Um dos objetivos dessas campanhas é divulgar as soluções propostas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) como mecanismo de logística reversa: uma vez descartadas, as embalagens também são de responsabilidade dos fabricantes, que devem criar um sistema para recolher e reciclar o produto. 

Para a diretora-executiva da Brasil Ambiental, empresa que oferece soluções na gestão de resíduos, Marialva Lyra, “ainda há muito que fazer no setor de coleta seletiva no Brasil, mas o País tem avançado bastante”.

A Brasil Ambiental faz parte do Grupo Ambipar, que atua há mais de 100 anos na gestão de resíduos e atende empresas dos setores de petróleo e gás, siderurgia, mineração, alimentício e químico. A empresa recolhe resíduos industriais, domiciliares, de saúde, aeroportos e portos.  

Com exceção dos resíduos de saúde, que não podem ser reciclados, os demais são transformados em novos materiais, como vassouras, no caso dos plásticos, e compostos para a agricultura, no caso dos orgânicos. “Todo material fabricado a partir dos resíduos é doado para ações socais”, explica a diretora.

Fontes:

Campanha “Separe o lixo e acerte na lata”
Portal Coleta Seletiva Solidária
Pesquisa CEMPRE
Pesquisa IBGE
Lei 12.305

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

ANA premia projetos de gestão e uso sustentável da água
Projetos de todo o País combatem a poluição, o desperdício de água e contribuem para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos
Governo discute plano de combate ao lixo no mar
Pesquisadores, ambientalistas e representantes do governo discutem a elaboração de um plano nacional para combater a poluição no mar
Força Aérea Brasileira usa aeronave para combater fogo na Chapada dos Veadeiros
Força Aérea Brasileira emprega aeronave para combater na reserva. Até o momento, mais de 60 mil hectares já foram consumidos pelas chamas
Projetos de todo o País combatem a poluição, o desperdício de água e contribuem para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos
ANA premia projetos de gestão e uso sustentável da água
Pesquisadores, ambientalistas e representantes do governo discutem a elaboração de um plano nacional para combater a poluição no mar
Governo discute plano de combate ao lixo no mar
Força Aérea Brasileira emprega aeronave para combater na reserva. Até o momento, mais de 60 mil hectares já foram consumidos pelas chamas
Força Aérea Brasileira usa aeronave para combater fogo na Chapada dos Veadeiros

Últimas imagens

Alteração na lei prevê a promoção de iniciativas que promovam o uso das águas pluviais, que podem ser usadas para a manutenção de jardins, limpeza de calçadas e em atividades agrícolas e industriais
Alteração na lei prevê a promoção de iniciativas que promovam o uso das águas pluviais, que podem ser usadas para a manutenção de jardins, limpeza de calçadas e em atividades agrícolas e industriais
Foto: Tony Winston/Governo de Brasília
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

banner_servico.jpg

Governo digital