Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2012 > 06 > Correios comemoram Dia Mundial do Meio Ambiente com ações de sustentabilidade

Meio ambiente

Correios comemoram Dia Mundial do Meio Ambiente com ações de sustentabilidade

por Portal Brasil publicado: 04/06/2012 17h51 última modificação: 29/07/2014 08h59

Na semana em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, os Correios realizarão em todo País ações como plantio de mudas, exibição de filmes e palestras. Um dos eventos será a solenidade de lançamento dos selos da Rio+20, na terça-feira (5), no Palácio do Planalto, com a presença da presidenta Dilma Rousseff.

Em 2011, os Correios desenvolveram diversas práticas sustentáveis, entre as quais coleta seletiva solidária, coleta e descarte adequado de malotes e lâmpadas, uniformes, palets de madeira, toners, cartuchos, baterias de celular, pneus e pilhas, dentre outros.

Só no ano passado, as ações sustentáveis dos Correios resultaram no plantio de quase 70 mil mudas em todo Brasil e na reciclagem de mais de 546 toneladas de plástico.

Nos últimos três anos, cerca de 20 mil pessoas foram beneficiadas pelo EcoPostal — programa dos Correios que possibilita a entidades sem fins lucrativos reutilizarem uniformes, malas e malotes postais sem condições de uso para confecção de bolsas, sandálias, mochilas e roupas infantis.

Essas e outras iniciativas dos Correios na área da sustentabilidade estarão expostas durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio +20, que será realizada de 13 a 22 de junho, no Rio de Janeiro. Como patrocinadores do evento, os Correios estarão presentes em todos os espaços da conferência, com exposição de práticas socioambientais da empresa. Além disso, haverá duas agências de Correios para atendimento ao público.

 

Fonte:
Correios 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

Conheça a proposta do Santuário de Baleias do Atlântico Sul
Para proteger a população das diferentes espécies de baleias da região do Atlântico Sul, o Brasil, a Argentina, a África do Sul, o Uruguai e o Gabão estão propondo a criação do santuário
Revitalizar o Rio São Francisco é preservar a vida humana, diz Michel Temer
O governo federal lançou um programa de revitalização da bacia do Rio São Francisco.
"Qualidade da água é imporante", diz ministro
Governo Federal lança o Plano de ‎Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, que prevê ações como proteção de nascentes, educação ambiental e saneamento básico.
Para proteger a população das diferentes espécies de baleias da região do Atlântico Sul, o Brasil, a Argentina, a África do Sul, o Uruguai e o Gabão estão propondo a criação do santuário
Conheça a proposta do Santuário de Baleias do Atlântico Sul
O governo federal lançou um programa de revitalização da bacia do Rio São Francisco.
Revitalizar o Rio São Francisco é preservar a vida humana, diz Michel Temer
Governo Federal lança o Plano de ‎Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, que prevê ações como proteção de nascentes, educação ambiental e saneamento básico.
"Qualidade da água é imporante", diz ministro

Últimas imagens

Estabelecidas por decreto em 1990, as RPPNs passaram a ser consideradas unidades de conservação no ano 2000
Estabelecidas por decreto em 1990, as RPPNs passaram a ser consideradas unidades de conservação no ano 2000
Divulgação/ICMBio
Um helicóptero, cedido pelo governo estadual, e oito veículos ajudam no transporte de pessoal
Um helicóptero, cedido pelo governo estadual, e oito veículos ajudam no transporte de pessoal
Divulgação/ICMBio
Artigo publicado na revista Nature afirma que apenas o combate ao desmatamento não é suficiente para conservar a biodiversidade do bioma
Artigo publicado na revista Nature afirma que apenas o combate ao desmatamento não é suficiente para conservar a biodiversidade do bioma
Divulgação/Ministério do Meio Ambiente
A Samarco foi notificada para retirar o material com urgência e garantir a segurança da barragem.
A Samarco foi notificada para retirar o material com urgência e garantir a segurança da barragem.
Arquivo/Ibama

banner_servico.jpg

Governo digital