Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2012 > 09 > Uso e descarte de pilhas e baterias tem novas regras

Meio ambiente

Uso e descarte de pilhas e baterias tem novas regras

Consumo sustentável

Materiais possuem substâncias que podem provocar anemia, problemas neurológicos e desenvolvimento de câncer
por Portal Brasil publicado: 04/09/2012 15h51 última modificação: 29/07/2014 08h58
EBC Norma para controle, uso e descarte de pilhas e baterias é fixada pelo Ibama

Norma para controle, uso e descarte de pilhas e baterias é fixada pelo Ibama

Já estão em vigor as novas regras para o uso, descarte, transporte e reciclagem de pilhas e baterias. A decisão foi publicada nesta terça-feira (4), no  Diário Oficial da União, pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Nas embalagens e manuais das pilhas e baterias, os fabricantes terão que informar sobre a adaptação às novas regras contidas na norma para o descarte e a reciclagem. O material deve ser descartado em coletas seletivas próprias, que podem ser encontradas em postos de vendas e em fábricas, mas jamais em lixos comuns.

Também haverá um lugar específico para o descarte destes materiais, portanto, os demais recipientes de lixo devem, necessariamente, apresentar um símbolo como “X” para facilitar a coleta e evitar a mistura de pilhas e baterias com outros resíduos.

Os nomes das empresas fornecedora e responsável pela reciclagem, a destinação, o aterro utilizado pelas companhias e os procedimentos adotados no processo também deverão ser informados.

O rigor também existe para o transporte do material, informando sobre os envolvidos no processo e os locais de origem e destino.

Substâncias em pilhas e baterias apresentam ameaças 

As pilhas e baterias preocupam as autoridades porque possuem substâncias como mercúrio, cádmo, chumbo, zinco-manganês e alcalino-manganês, que podem ser prejudiciais à saúde e ao meio ambiente. 

Há estudos que mostram que algumas substâncias podem levar à anemia, a problemas neurológicos e ao desenvolvimento de câncer. No meio ambiente, o descarte das pilhas e baterias pode atingir os lençóis freáticos, o solo e a alimentação.

Clique aqui e saiba todos os critérios adotados pelo Ibama. 

 

 

Fontes:
Agência Brasil
Portal Brasil

 

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Dilma sanciona nova Lei da Biodiversidade
Legislação diminui a burocracia para pesquisadores e, ao mesmo tempo, protege o conhecimento dos povos tradicionais do país
Proprietários rurais têm até 5/5 para registro no CAR
A partir das informações do cadastro serão elaboradas estratégias de controle, monitoramento e combate ao desmatamento
Chamada pública seleciona cooperativas de catadores
Ministério do Desenvolvimento Social realizará contratação de 4 associações para a coleta seletiva do lixo produzido pelo órgão
Legislação diminui a burocracia para pesquisadores e, ao mesmo tempo, protege o conhecimento dos povos tradicionais do país
Dilma sanciona nova Lei da Biodiversidade
A partir das informações do cadastro serão elaboradas estratégias de controle, monitoramento e combate ao desmatamento
Proprietários rurais têm até 5/5 para registro no CAR
Ministério do Desenvolvimento Social realizará contratação de 4 associações para a coleta seletiva do lixo produzido pelo órgão
Chamada pública seleciona cooperativas de catadores

Últimas imagens

Gestão do MMA possui iluminação mais econômica
Gestão do MMA possui iluminação mais econômica
Jorge Cardoso/MMA
Para fazer sugestões ao decreto de regulamentação, cidadão deve acessar o site do Ministério do Meio Ambiente
Para fazer sugestões ao decreto de regulamentação, cidadão deve acessar o site do Ministério do Meio Ambiente
Divulgação/ Ministério do Meio Ambiente
MP do Estado se envolve em ações a favor do Meio Ambiente
MP do Estado se envolve em ações a favor do Meio Ambiente
Governo da Bahia/ Divulgação
Estimativa é que a concessão movimente cerca de R$ 40 milhões por ano e gere 400 empregos
Estimativa é que a concessão movimente cerca de R$ 40 milhões por ano e gere 400 empregos
Luciana Macedo
Encontros fomentarão a participação qualificada dos grupos diretamente interessados no processo de regulamentação da lei
Encontros fomentarão a participação qualificada dos grupos diretamente interessados no processo de regulamentação da lei
Divulgação/ Governo do Acre

Governo digital