Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2013 > 10 > Programa de cativeiro da Arara-Azul-de-Lear cria habitat natural para a ave

Meio Ambiente

Programa de cativeiro da Arara-Azul-de-Lear cria habitat natural para a ave

Preservação

Espécie está ameaçada de extinção
por Portal Brasil publicado: 04/10/2013 16h31 última modificação: 29/07/2014 09h24

A Arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari), espécie ameaçada de extinção, vai ganhar um programa de cativeiro. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) publicou a portaria que aprova o programa no Diário Oficial da União, na última segunda-feira (30).

O Cativeiro da arara-azul-de-lear tem como objetivo estabelecer um plantel adequado, em termos genético, demográfico, sanitário e comportamental, para integrar um futuro programa de revigoramento populacional, especialmente na região do Boqueirão da Onça, na Bahia. 

O manejo dos indivíduos deverá obedecer a toda a legislação aplicada ao transporte e manutenção dos animais.

O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres (Cemave), gerido pelo ICMBio, será responsável pela coordenação do Programa.

A arara-azul-de-lear

É uma arara de porte médio, que chega a medir 75 centímetros. Possui o bico negro e a plumagem da cabeça e do pescoço azul-esverdeada. Já o ventre e o dorso, azul bem claro, com asas e cauda azul escuro, sendo o anel perioftálmico (membrana ao redor do olho) em tom de amarelo-claro.

Apresenta uma área nua, de formato triangular, na base do bico, de coloração amarela, ainda mais clara do que a membrana ao redor do olho. A espécie passa a noite e faz o ninho em cavidades existentes nos paredões de arenito, saindo da área de repouso ao amanhecer, partindo para as áreas de alimentação. No final da tarde, os bandos retornam aos seus abrigos, chegando logo após o pôr-do-sol. O principal item alimentar é o coco da palmeira licuri (Syagrus coronata).

Por se tratar de uma espécie ameaçada de extinção, o ICMBio aprovou em 2012 o Plano de Ação Nacional (PAN) para a Conservação da Arara-Azul-de-Lear, que tem com objetivo manter o crescimento populacional da espécie até 2017, garantindo e incrementando a qualidade do hábitat e envolvendo as comunidades da área de ocorrência da espécie na sua conservação.

Fonte:
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

Embrapa recupera áreas da Chapada dos Veadeiros
Acompanhe o trabalho de recuperação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, que sofreu um incêndio de grandes proporções, com a destruição da vegetação nativa, em outubro de 2017
ANA premia projetos de gestão e uso sustentável da água
Projetos de todo o País combatem a poluição, o desperdício de água e contribuem para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos
Governo discute plano de combate ao lixo no mar
Pesquisadores, ambientalistas e representantes do governo discutem a elaboração de um plano nacional para combater a poluição no mar
Acompanhe o trabalho de recuperação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, que  sofreu um incêndio de grandes proporções, com a destruição da vegetação nativa, em outubro de 2017
Embrapa recupera áreas da Chapada dos Veadeiros
Projetos de todo o País combatem a poluição, o desperdício de água e contribuem para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos
ANA premia projetos de gestão e uso sustentável da água
Pesquisadores, ambientalistas e representantes do governo discutem a elaboração de um plano nacional para combater a poluição no mar
Governo discute plano de combate ao lixo no mar

Últimas imagens

Água
Divulgação/EBC
Amazônia
Divulgação/Governo do Pará
RPPN Volta Velha - Padre Piet Van Der Art
Divulgação/Facebook Reserva Volta Velha (SC)
Costa dos Corais (AL)
Divulgação/Governo de Alagoas
Alteração na lei prevê a promoção de iniciativas que promovam o uso das águas pluviais, que podem ser usadas para a manutenção de jardins, limpeza de calçadas e em atividades agrícolas e industriais
Alteração na lei prevê a promoção de iniciativas que promovam o uso das águas pluviais, que podem ser usadas para a manutenção de jardins, limpeza de calçadas e em atividades agrícolas e industriais
Foto: Tony Winston/Governo de Brasília

banner_servico.jpg

Governo digital