Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2016 > 07 > Nasa reforça o alerta para o risco de incêndios na Amazônia

Meio Ambiente

Nasa reforça o alerta para o risco de incêndios na Amazônia

Mudanças climáticas

Com a média de chuvas e seca provocadas pelo El Niño, dados da agência mostram risco de incêndios entre julho e outubro deste ano
por Portal Brasil publicado: 22/07/2016 10h10 última modificação: 10/08/2016 12h11
Imagem: Nasa/divulgação Mapa mostra a concentração anormal de chuva e seca nos principais pontos da América Latina nos últimos 11 anos

Mapa mostra a concentração anormal de chuva e seca nos principais pontos da América Latina nos últimos 11 anos

O portal Observatório da Terra da Nasa, agência espacial norte-americana, alerta para o alto risco de incêndios florestais na Amazônia durante a estação seca, que vai de julho a outubro. O motivo é o fenômeno El Niño, que alterou a temperatura do oceano, reduzindo o volume de chuvas na região.

O alerta da Nasa foi feito no começo de julho e inclui um mapa detalhado que mostra a intensificação de chuvas e locais com seca entre 2005 e 2016.

Segundo a pesquisadora Liana O. Anderson, do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), cientistas da Nasa e da Universidade da Califórnia desenvolveram, em 2011, um modelo que utiliza dados da temperatura do oceano para prever o risco de fogo na Amazônia. Isso porque a interação entre oceano e atmosfera influencia a ocorrência de chuvas da região.

"Nas pesquisas que estamos desenvolvendo em colaboração com o grupo Trees (Tropical Ecosystemsand Environmental Sciences Group) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), pudemos demonstrar que pastagens, desmatamento anual e vegetação secundária são as variáveis mais eficazes para prever a distribuição de ocorrências de focos de calor na Amazônia", afirma Liana.

Ela acrescenta ainda que o ciclo hidrológico da Amazônia está em transformação. "Grandes cheias e secas têm ocorrido em curtos intervalos de tempo. Em 2005, 2010 e 2015 foram registrados grandes incêndios florestais, cenário possível para se repetir neste ano."

O estudo contém informações do Cemaden, vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações,  Nasa e Cemaden.

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

PrevFogo utiliza dados coletador pelo Inpe para combater incêndios
Nesta época do ano, o Prevfogo intensifica a fiscalização das áreas florestais e diminui o índice de áreas destruídas por incêndios
Campanha mundial alerta sobre tráfico de pessoas
Secretaria dos Direitos Humanos do Rio de Janeiro aderiu à campanha Coração Azul com ações de conscientização e alerta sobre o crime
Operação da Força Nacional combate desmatamento no Pará
Antes da operação, agentes receberam instruções preparatórias sobre ética, legalidade, planejamento, técnica e ação de comando
Nesta época do ano, o Prevfogo intensifica a fiscalização das áreas florestais e diminui o índice de áreas destruídas por incêndios
PrevFogo utiliza dados coletador pelo Inpe para combater incêndios
Secretaria dos Direitos Humanos do Rio de Janeiro aderiu à campanha Coração Azul com ações de conscientização e alerta sobre o crime
Campanha mundial alerta sobre tráfico de pessoas
Antes da operação, agentes receberam instruções preparatórias sobre ética, legalidade, planejamento, técnica e ação de comando
Operação da Força Nacional combate desmatamento no Pará

Últimas imagens

Conversão de multas será usada para recuperação de áreas degradas de afluentes do São Francisco
Conversão de multas será usada para recuperação de áreas degradas de afluentes do São Francisco
Foto: Gilberto Soares/MMA
Mercúrio é usado em setores como siderurgia, produção de cimento e mineração artesanal de ouro
Mercúrio é usado em setores como siderurgia, produção de cimento e mineração artesanal de ouro
Arquivo/Anvisa
Com Plantadores de Rios, usuário “apadrinha” nascente e ajuda a preservá-la sem mediação do Estado
Com Plantadores de Rios, usuário “apadrinha” nascente e ajuda a preservá-la sem mediação do Estado
Foto: Fabrício Alves/ANA
Fragmentos encontrados têm características de porcelana portuguesa e espanhola
Fragmentos encontrados têm características de porcelana portuguesa e espanhola
Felipe Mendonça/ICMBio
Um guia viu os cacos espalhados pelas rochas e acionou o ICMBio
Um guia viu os cacos espalhados pelas rochas e acionou o ICMBio
Divulgação/Iphan

banner_servico.jpg

Governo digital