Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2016 > 09 > Número de queimadas subiu 40% no primeiro semestre de 2016

Meio Ambiente

Número de queimadas subiu 40% no primeiro semestre de 2016

Seca

Até 21 de setembro, foram identificados 120.896 focos de incêndios; cerca de 90% das queimadas são oriundas da ação humana
por Portal Brasil publicado: 23/09/2016 10h58 última modificação: 23/09/2016 11h49

No primeiro semestre deste ano, o número de focos de incêndios florestais subiu 40% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Até 21 de setembro, foram identificados 120.896 focos.

A estiagem prolongada dos últimos dois anos, provocada pelo fenômeno El Niño, caracterizado pelo aquecimento anormal das águas superficiais do Oceano Pacífico, deixou a vegetação mais suscetível a incêndios. Um solo com baixa concentração de água faz com que a vegetação fique cada vez mais seca e morra, transformando-se em combustível para as chamas.

Entretanto, “mais de 90% dos incêndios têm ação humana”, destaca o chefe do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo), Gabriel Zacharias. “Temos o caso do produtor que faz uma queimada no fundo do quintal e perde o controle do fogo, provocando incêndio gigantesco. E existem os incêndios dolosos, em áreas de conflito ou em florestas que serão transformadas em pasto."

O Ibama e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) orientam produtores rurais sobre as melhores práticas de preparo da terra e fazem a fiscalização em áreas com possíveis queimadas criminosas.

Período crítico

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) alerta para o alto risco de queimadas e incêndios florestais de setembro a novembro. Nesse período, considerado crítico pelos especialistas, as áreas mais suscetíveis ao fogo podem ser ampliadas em razão da estiagem no sul da Amazônia e nas Regiões Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste. 

“Contratamos brigadas e estamos mantendo a situação sob controle. O nível de queimadas não aumentou como previsto para este mês”, disse o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho. “Já sabemos os meses e as áreas mais propícias a queimadas. Então, tenho a certeza de que com essas ações vamos diminuir bastante o número de queimadas”, disse o ministro.

Reforço

O Prevfogo, do Ibama, contratou, desde junho, 834 brigadistas, que estão atuando em 51 brigadas distribuídas por 18 Estados, sobretudo no noroeste do País, fronteira do Cerrado com a Amazônia, no chamado arco do desmatamento.

Os brigadistas recebem capacitação, assistência técnica, salários, benefícios, equipamentos de combate e proteção individual, além de veículos 4x4.

Já o ICMBio contratou, no fim de junho, 1.152 brigadistas. Eles foram treinados e distribuídos entre 72 Unidades de Conservação (UCs) federais, a maioria localizada em áreas de maior risco de fogo.

Neste ano, já foram contabilizados 1.350 combates a incêndios florestais; 332 campanhas de educação ambiental, atingindo de forma direta 7.012 pessoas; 9.356 mudas para recuperação de áreas degradadas; 1.179,42 hectares de queimadas controladas e 53 mil hectares de queimadas preventivas.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ibama

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

PrevFogo utiliza dados coletador pelo Inpe para combater incêndios
Nesta época do ano, o Prevfogo intensifica a fiscalização das áreas florestais e diminui o índice de áreas destruídas por incêndios
Campanha mundial alerta sobre tráfico de pessoas
Secretaria dos Direitos Humanos do Rio de Janeiro aderiu à campanha Coração Azul com ações de conscientização e alerta sobre o crime
Operação da Força Nacional combate desmatamento no Pará
Antes da operação, agentes receberam instruções preparatórias sobre ética, legalidade, planejamento, técnica e ação de comando
Nesta época do ano, o Prevfogo intensifica a fiscalização das áreas florestais e diminui o índice de áreas destruídas por incêndios
PrevFogo utiliza dados coletador pelo Inpe para combater incêndios
Secretaria dos Direitos Humanos do Rio de Janeiro aderiu à campanha Coração Azul com ações de conscientização e alerta sobre o crime
Campanha mundial alerta sobre tráfico de pessoas
Antes da operação, agentes receberam instruções preparatórias sobre ética, legalidade, planejamento, técnica e ação de comando
Operação da Força Nacional combate desmatamento no Pará

Últimas imagens

Conversão de multas será usada para recuperação de áreas degradas de afluentes do São Francisco
Conversão de multas será usada para recuperação de áreas degradas de afluentes do São Francisco
Foto: Gilberto Soares/MMA
Mercúrio é usado em setores como siderurgia, produção de cimento e mineração artesanal de ouro
Mercúrio é usado em setores como siderurgia, produção de cimento e mineração artesanal de ouro
Arquivo/Anvisa
Com Plantadores de Rios, usuário “apadrinha” nascente e ajuda a preservá-la sem mediação do Estado
Com Plantadores de Rios, usuário “apadrinha” nascente e ajuda a preservá-la sem mediação do Estado
Foto: Fabrício Alves/ANA
Fragmentos encontrados têm características de porcelana portuguesa e espanhola
Fragmentos encontrados têm características de porcelana portuguesa e espanhola
Felipe Mendonça/ICMBio
Um guia viu os cacos espalhados pelas rochas e acionou o ICMBio
Um guia viu os cacos espalhados pelas rochas e acionou o ICMBio
Divulgação/Iphan

banner_servico.jpg

Governo digital