Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2017 > 01 > Motores de máquinas agrícolas serão menos poluentes a partir de 2017

Meio Ambiente

Motores de máquinas agrícolas serão menos poluentes a partir de 2017

Qualidade do ar

Terão suas emissões reduzidas o óxido de nitrogênio, monóxido de carbono, hidrocarbonetos e particulados
por Portal Brasil publicado: 11/01/2017 19h49 última modificação: 12/01/2017 14h42
Divulgação/Governo de Mato Grosso de Sul A redução da emissão de particulados pode chegar a 85%

A redução da emissão de particulados pode chegar a 85%

Tratores agrícolas e colheitadeiras a diesel comercializadas no Brasil serão equipadas com motores menos poluentes a partir deste ano.

Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a redução da emissão de poluentes atmosféricos é bastante significativa, podendo chegar a 85% de redução na emissão de particulados e até 75% na emissão de óxidos de nitrogênio (NOx), que são prejudiciais à saúde humana.

Esta é a segunda etapa de implantação da fase MAR-I, do Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), voltado para essa categoria de motores, que representa, em média, 36,8 mil unidades novas por ano no mercado.

A diretora de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Letícia Carvalho, explica que essa etapa é importante, pois, antes da implantação desta fase, as máquinas agrícolas não possuíam qualquer tipo de controle de suas emissões. “Assim, a medida vai contribuir para a melhoria da qualidade do ar, reduzindo o impacto dos poluentes na saúde do trabalhador do campo e no meio ambiente”, detalha.

Construção civil

A medida atinge também as máquinas que operam com a construção civil. Os novos motores com potências que vão de 25 cavalos (o equivalente a uma motocicleta pequena) até 571 cavalos (potência de sete automóveis populares) são os primeiros a serem adaptados às novas exigências. Os que superam essas potências têm até 2019 para atender às novas regras estabelecidas pelo Proconve.

Os principais poluentes que terão suas emissões reduzidas nos novos motores de uso agrícola e rodoviários são o NOx (Óxidos de Nitrogênio), o Monóxido de Carbono (CO), os hidrocarbonetos e os particulados. Todos eles são prejudiciais à saúde e poluem o meio ambiente. O Proconve vem conseguido reduções significativas nos níveis de emissões dos motores, aproximando-se dos padrões europeus. 

Fonte: Ministério do Meio Ambiente (MMA)

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

ANA premia projetos de gestão e uso sustentável da água
Projetos de todo o País combatem a poluição, o desperdício de água e contribuem para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos
Inmetro dá dicas para quem quer economizar energia
Com a crescente necessidade de economizar energia, o Inmetro dá dicas para quem quer poupar sem ter de abrir mão do conforto
Voluntários combatem fogo na Chapada dos Veadeiros
Brigadistas do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) e bombeiros do Distrito Federal, além de representantes do Ibama e voluntários, participam do combate ao fogo que consome o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás
Projetos de todo o País combatem a poluição, o desperdício de água e contribuem para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos
ANA premia projetos de gestão e uso sustentável da água
Com a crescente necessidade de economizar energia, o Inmetro dá dicas para quem quer poupar sem ter de abrir mão do conforto
Inmetro dá dicas para quem quer economizar energia
Brigadistas do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) e bombeiros do Distrito Federal, além de representantes do Ibama e voluntários, participam do combate ao fogo que consome o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás
Voluntários combatem fogo na Chapada dos Veadeiros

Últimas imagens

Alteração na lei prevê a promoção de iniciativas que promovam o uso das águas pluviais, que podem ser usadas para a manutenção de jardins, limpeza de calçadas e em atividades agrícolas e industriais
Alteração na lei prevê a promoção de iniciativas que promovam o uso das águas pluviais, que podem ser usadas para a manutenção de jardins, limpeza de calçadas e em atividades agrícolas e industriais
Foto: Tony Winston/Governo de Brasília
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

banner_servico.jpg

Governo digital