Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2017 > 04 > Reserva monitora tartarugas no litoral do Maranhão

Meio Ambiente

Reserva monitora tartarugas no litoral do Maranhão

Biodiversidade

Atividade tem apoio do Projeto Tamar e deve ocorrer entre os meses de maio e agosto, quando ocorre o período reprodutivo
por Portal Brasil publicado: 18/04/2017 15h30 última modificação: 18/04/2017 15h34
Divulgação/Projeto Tamar Segundo monitoramento, fêmeas de tartaruga-de-pente alcançaram a região das Reentrâncias Maranhenses para desova

Segundo monitoramento, fêmeas de tartaruga-de-pente alcançaram a região das Reentrâncias Maranhenses para desova

A Reserva Extrativista (Resex) de Cururupu deve iniciar, em maio, o monitoramento de tartarugas marinhas na região da unidade de conservação, no litoral maranhense. O trabalho vai se estender até agosto, final do período reprodutivo.

A ação contará com apoio do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação das Tartarugas Marinhas e Biodiversidade Marinha do Leste (Tamar). Tanto a Resex quanto o Tamar são geridos pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O Tamar tem informações de que as fêmeas de tartaruga-de-pente, que se reproduzem no litoral do Rio Grande do Norte, marcadas por telemetria satelital, alcançaram a região das Reentrâncias Maranhenses, permanecendo ao largo Resex Cururupu.

No mês passado, o Tamar promoveu a capacitação de uma bióloga para desenvolver trabalhos de monitoramento das espécies de tartarugas que estão ocorrendo na região da reserva de forma qualificada.

O treinamento foi ministrado pelo oceanógrafo e analista ambiental do Tamar-Parnamirim, Claudio Bellini, em parceria com especialistas do Centro de lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) e equipe da Fundação Pró-Tamar, parceira do Projeto Tamar, todos envolvidos na execução do Plano de Ação Nacional para Conservação (PAN) das Tartarugas Marinhas.


Fonte: Portal Brasil, com informações do ICMBio

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

Inmetro dá dicas para quem quer economizar energia
Com a crescente necessidade de economizar energia, o Inmetro dá dicas para quem quer poupar sem ter de abrir mão do conforto
Voluntários combatem fogo na Chapada dos Veadeiros
Brigadistas do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) e bombeiros do Distrito Federal, além de representantes do Ibama e voluntários, participam do combate ao fogo que consome o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás
ICMBio completa 10 anos de atuação
Instituto agrega 324 unidades de conservação, que somam quase 80 milhões de hectares - o equivalente a 9% do território nacional
Com a crescente necessidade de economizar energia, o Inmetro dá dicas para quem quer poupar sem ter de abrir mão do conforto
Inmetro dá dicas para quem quer economizar energia
Brigadistas do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) e bombeiros do Distrito Federal, além de representantes do Ibama e voluntários, participam do combate ao fogo que consome o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás
Voluntários combatem fogo na Chapada dos Veadeiros
Instituto agrega 324 unidades de conservação, que somam quase 80 milhões de hectares - o equivalente a 9% do território nacional
ICMBio completa 10 anos de atuação

Últimas imagens

Alteração na lei prevê a promoção de iniciativas que promovam o uso das águas pluviais, que podem ser usadas para a manutenção de jardins, limpeza de calçadas e em atividades agrícolas e industriais
Alteração na lei prevê a promoção de iniciativas que promovam o uso das águas pluviais, que podem ser usadas para a manutenção de jardins, limpeza de calçadas e em atividades agrícolas e industriais
Foto: Tony Winston/Governo de Brasília
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

banner_servico.jpg

Governo digital