Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2017 > 08 > Fundo da Amazônia lança chamada de R$ 150 milhões

Meio Ambiente

Fundo da Amazônia lança chamada de R$ 150 milhões

Preservação Ambiental

Recursos serão voltados para investimentos em projetos para conservação e uso sustentável da Amazônia
por Portal Brasil publicado: 09/08/2017 18h25 última modificação: 03/10/2017 14h09

Projetos de conservação e uso sustentável da Amazônia podem concorrer a recursos do Fundo Amazônia. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou uma chamada pública de R$ 150 milhões que vai financiar até dez iniciativas nessa área.

As inscrições podem ser feitas por associações, cooperativas, fundações de direito privado e empresas privadas até 7 dezembro. Os selecionados poderão receber entre R$ 10 milhões e R$ 30 milhões

Outra chamada ainda deve ser lançada neste ano, mas deve ser voltada para ações de reflorestamento. A medida pretende incentivar o combate ao desmatamento na região. Nos últimos dez anos, o País conseguiu reduzir a taxa de desmatamento a 81%.

O edital prevê que os projetos escolhidos devem tratar não só do meio ambiente, mas também impulsionar o desenvolvimento econômico das comunidades tradicionais, ribeirinhos, assentados, agricultores familiares, indígenas e quilombolas da Amazônia Legal.

A produção baseada em recursos da Amazônia, como açaí, castanha, cacau e pirarucu respaldam a geração de renda dessa população. Ao mesmo tempo, o uso desses produtos naturais colabora para a manutenção da floresta, que é fonte desses recursos.

Fundo

O Fundo Amazônia é uma das maiores e mais importantes iniciativas de combate ao desmatamento do mundo. No âmbito do acordo, o Brasil assumiu o compromisso de erradicar o desmatamento ilegal até 2030. Em seus 8 anos de criação, o Fundo Amazônia já comprometeu cerca de R$ 1,4 bilhão em 89 projetos de diferentes segmentos e regiões da Amazônia Legal. Os recursos são oriundos de três fontes principais: Petrobras, governo da Noruega e da Alemanha.

Fonte: Portal Brasil, com informações do BNDES

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

ICMBio completa 10 anos de atuação
Instituto agrega 324 unidades de conservação, que somam quase 80 milhões de hectares - o equivalente a 9% do território nacional
Confira as oportunidades geradas pelas Unidades de Conservação
Unidades de Conservação oferecem oportunidades para as comunidades do entorno e também aos visitantes. Confira entrevista com o presidente do ICMBio, Ricardo Soavinski
ICMBio amplia trabalho de prevenção a incêndios
Presidente do ICMBio, Ricardo Soavinski, explica as ações do instituto para combater queimadas que ameaçam flora e fauna do País
Instituto agrega 324 unidades de conservação, que somam quase 80 milhões de hectares - o equivalente a 9% do território nacional
ICMBio completa 10 anos de atuação
Unidades de Conservação oferecem oportunidades para as comunidades do entorno e também aos visitantes. Confira entrevista com o presidente do ICMBio, Ricardo Soavinski
Confira as oportunidades geradas pelas Unidades de Conservação
Presidente do ICMBio, Ricardo Soavinski, explica as ações do instituto para combater queimadas que ameaçam flora e fauna do País
ICMBio amplia trabalho de prevenção a incêndios

Últimas imagens

Empresa aderiu à nova regra, instituída por decreto assinado pelo presidente da República, Michel Temer, na tarde deste sábado (21)
Empresa aderiu à nova regra, instituída por decreto assinado pelo presidente da República, Michel Temer, na tarde deste sábado (21)
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília
Redução chega a 76% quando comparada a 2004. Os estados com maior queda são Tocantins (55%) e Roraima (43%)
Redução chega a 76% quando comparada a 2004. Os estados com maior queda são Tocantins (55%) e Roraima (43%)
Foto: Gilberto Soares/MMA
Processos passaram a ser mais ágeis, dinâmicos, e conferem mais vantagens aos produtores
Processos passaram a ser mais ágeis, dinâmicos, e conferem mais vantagens aos produtores
Foto: Eduardo Aigner/MDA

banner_servico.jpg

Governo digital