Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2017 > 08 > Governo e sociedade vão debater alternativas para o futuro da Renca

Meio Ambiente

Governo e sociedade vão debater alternativas para o futuro da Renca

Expectativa é de que após 120 dias seja apresentada uma nova proposta para a reserva, garantindo preservação e propiciando desenvolvimento sustentável
publicado: 31/08/2017 21h55 última modificação: 31/08/2017 23h57
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Ministro de Minas e Energia tomou decisão após consultar Michel Temer

Ministro de Minas e Energia tomou decisão após consultar Michel Temer

O destino da Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca) será alvo de um “amplo debate” entre governo e sociedade civil, informou, nesta quinta-feira (31), o Ministério de Minas e Energia. Em nota oficial, a pasta informou que todos os procedimentos relacionados a direitos minerais na área estão suspensos.

Segundo o ministério, a decisão foi tomada pelo titular de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, após consultar o presidente da República, Michel Temer. “A partir de agora o ministério dará início a um amplo debate com a sociedade sobre as alternativas para a proteção da região”, disse a pasta.

“Essa iniciativa se dá em respeito às legítimas manifestações da sociedade e à necessidade de esclarecer e discutir as condições que levaram à decisão de extinção da Renca.” Ao mesmo tempo, o governo vai propor medidas de curto prazo para coibir atividades ilegais de extração de minérios na área.

Além disso, o ministério adianta que, no prazo de 120 dias, serão apresentadas ao governo e à sociedade as conclusões “desse amplo debate e eventuais medidas de promoção do seu desenvolvimento sustentável, com a garantia de preservação”.

Na segunda-feira (28), foi editado um novo decreto regulamentando a exploração mineral. Nos locais onde há sobreposição com áreas protegidas, a autorização de pesquisa mineral, a concessão de lavra, a permissão de lavra garimpeira, o licenciamento, e qualquer outro tipo de direito de exploração minerária ficam proibidos.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério de Minas e Energia

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

Ibama vai contratar cerca de 800 novos brigadistas florestais
Para prevenir e combater incêndios florestais, Ibama contrata cerca de 800 novos brigadistas para atuação temporária
PrevFogo utiliza dados coletador pelo Inpe para combater incêndios
Nesta época do ano, o Prevfogo intensifica a fiscalização das áreas florestais e diminui o índice de áreas destruídas por incêndios
Campanha mundial alerta sobre tráfico de pessoas
Secretaria dos Direitos Humanos do Rio de Janeiro aderiu à campanha Coração Azul com ações de conscientização e alerta sobre o crime
Para prevenir e combater incêndios florestais, Ibama contrata cerca de 800 novos brigadistas para atuação temporária
Ibama vai contratar cerca de 800 novos brigadistas florestais
Nesta época do ano, o Prevfogo intensifica a fiscalização das áreas florestais e diminui o índice de áreas destruídas por incêndios
PrevFogo utiliza dados coletador pelo Inpe para combater incêndios
Secretaria dos Direitos Humanos do Rio de Janeiro aderiu à campanha Coração Azul com ações de conscientização e alerta sobre o crime
Campanha mundial alerta sobre tráfico de pessoas

Últimas imagens

Tema central do seminário deste ano será parcerias
Tema central do seminário deste ano será parcerias
Divulgação/ICMBio
Decreto que extingue a Renca determina proteção à vegetação, unidades de conservação e terras indígenas
Decreto que extingue a Renca determina proteção à vegetação, unidades de conservação e terras indígenas
Foto: Jefferson Rudy/MMA
Ciman atua em incêndios de nível 3, que exigem acionamento de recursos federais ou de outros estados
Ciman atua em incêndios de nível 3, que exigem acionamento de recursos federais ou de outros estados
Foto: Chico Valdiner/Governo do Mato Grosso
Todos os estados da Amazônia Legal apresentaram redução, segundo Instituto Imazon
Todos os estados da Amazônia Legal apresentaram redução, segundo Instituto Imazon
Arquivo/Agência Brasil
Conversão de multas será usada para recuperação de áreas degradas de afluentes do São Francisco
Conversão de multas será usada para recuperação de áreas degradas de afluentes do São Francisco
Foto: Gilberto Soares/MMA

banner_servico.jpg

Governo digital