Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2017 > 08 > Três novas unidades entram no projeto de proteção da Amazônia

Meio Ambiente

Três novas unidades entram no projeto de proteção da Amazônia

Preservação Ambiental

Áreas de conservação em Rondônia e Roraima poderão reforçar ações de proteção ambiental
por Portal Brasil publicado: 11/08/2017 20h23 última modificação: 03/10/2017 14h11

O Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa) vai abranger mais três unidades de conservação (UCs) em Rondônia e Roraima, localizadas na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. Ao todo, a Arpa apoia 72 UCs federais.

Assim, as unidades poderão elaborar plano de manejo, realizar reuniões do conselho gestor e providenciar proteção e aquisição de equipamentos para consolidação da proteção ambiental.

Coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente e executado em parceria com agências de áreas de proteção federais e estaduais, instituições privadas e sociedade civil, o Arpa é gerenciado financeiramente pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e financiado com recursos do Global Environment Facility (GEF), do governo da Alemanha (KfW), da Rede WWF, Moore Foundation e do Fundo Amazônia, por meio do BNDES, além de empresas como a Anglo American.

A consolidação do programa Arpa significa a implantação de uma estrutura mínima de gestão que garanta a integridade das unidades de conservação no curto prazo e viabilize o planejamento a médio prazo.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Instituto Chico Mendes

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Banner - Combate às Queimadas

Últimos vídeos

ANA premia projetos de gestão e uso sustentável da água
Projetos de todo o País combatem a poluição, o desperdício de água e contribuem para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos
Governo discute plano de combate ao lixo no mar
Pesquisadores, ambientalistas e representantes do governo discutem a elaboração de um plano nacional para combater a poluição no mar
Força Aérea Brasileira usa aeronave para combater fogo na Chapada dos Veadeiros
Força Aérea Brasileira emprega aeronave para combater na reserva. Até o momento, mais de 60 mil hectares já foram consumidos pelas chamas
Projetos de todo o País combatem a poluição, o desperdício de água e contribuem para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos
ANA premia projetos de gestão e uso sustentável da água
Pesquisadores, ambientalistas e representantes do governo discutem a elaboração de um plano nacional para combater a poluição no mar
Governo discute plano de combate ao lixo no mar
Força Aérea Brasileira emprega aeronave para combater na reserva. Até o momento, mais de 60 mil hectares já foram consumidos pelas chamas
Força Aérea Brasileira usa aeronave para combater fogo na Chapada dos Veadeiros

Últimas imagens

Alteração na lei prevê a promoção de iniciativas que promovam o uso das águas pluviais, que podem ser usadas para a manutenção de jardins, limpeza de calçadas e em atividades agrícolas e industriais
Alteração na lei prevê a promoção de iniciativas que promovam o uso das águas pluviais, que podem ser usadas para a manutenção de jardins, limpeza de calçadas e em atividades agrícolas e industriais
Foto: Tony Winston/Governo de Brasília
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Por meio da Força Aérea Brasileira e de órgãos de fiscalização ambiental, Governo do Brasil participa dos esforços para controlar o pior incêndio desde a criação do parque
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

banner_servico.jpg

Governo digital