Você está aqui: Página Inicial > Meio Ambiente > 2017 > 11 > Governo lança Plano Nacional de Recuperação da Vegetação Nativa

Meio Ambiente

Governo lança Plano Nacional de Recuperação da Vegetação Nativa

COP 23

Planaveg prevê a recuperação de, pelo menos, 12 milhões de hectares até 2030
publicado: 16/11/2017 21h17 última modificação: 22/11/2017 17h20
Divulgação/MMA

 

Durante a 23ª Conferência do Clima, em Bonn, na Alemanha, o governo anunciou o Plano Nacional de Recuperação da Vegetação Nativa, conhecido como Planaveg. O plano tem como meta a recuperação da vegetação nativa de, pelo menos, 12 milhões de hectares até 2030.

O Planaveg vai atuar na ampliação e no fortalecimento de medidas para recuperação em áreas degradadas, de baixa produtividade, de preservação permanente (APP) e de Reserva Legal (RL). "É um plano ousado, muito bom e muito elogiado por toda a sociedade civil e por empresários do setor madeireiro e visa a que se consiga replantar mais de 10 milhões de hectares de vegetação nativa", afirmou o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho.

De acordo com a pasta, o Brasil dá um passo importante para a recuperação da vegetação nativa e avança para o cumprimento dos compromissos sob o Acordo de Paris. 

A implementação, o monitoramento e a avaliação do plano serão coordenados pela Comissão Nacional para Recuperação da Vegetação Nativa (Conaveg). Os recursos financeiros poderão ocorrer por meio do Orçamento Geral da União, de apoio de instituições financeiras nacionais e fundos públicos, de acordos governamentais de cooperação internacional e de acordos com setor privado e fundações privadas.

Fonte: Governo do brasil, com informações do Ministério do Meio Ambiente

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil