Ciência e Tecnologia

Reconhecimento

Ordem do Mérito Científico será entregue nesta segunda (21)

68 personalidades nacionais e estrangeiras serão premiadas por sua contribuição ao desenvolvimento da ciência e tecnologia
publicado: 18/10/2013 16h22, última modificação: 22/12/2017 12h22

Em solenidade às 10h de segunda-feira (21), no Museu Nacional de Brasília, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, representando a presidenta Dilma Rousseff, entrega as insígnias da Ordem Nacional do Mérito Científico aos agraciados de 2010. Recebem a honraria 68 personalidades nacionais e estrangeiras.

Na mesma ocasião, os presidentes do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e do Conselho Nacional de Secretários de Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti) recebem, em nome das respectivas entidades, a Medalha Nacional do Mérito Científico, outorgada pela Presidência da República a pessoa jurídica que realiza trabalho de relevância no campo da ciência e tecnologia. A cerimônia integra a programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT).

Acesse aqui a lista de agraciados.

Processo de escolha

A Ordem Nacional do Mérito Científico, instituída em 1993, é a mais importante condecoração na área científica e tecnológica do país e destina-se a premiar personalidades nacionais e estrangeiras que se destacaram por sua contribuição ao desenvolvimento da ciência e da tecnologia.

Os agraciados são indicados por entidades e autoridades ligadas à área científica e tecnológica, como Academia Brasileira de Ciências (ABC) e Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Há duas classes de membros, grã-cruz e comendador. O membro admitido ou promovido recebe estojos com as insígnias de grã-cruz ou comendador, além de diploma assinado pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, chanceler da ordem.

São escolhidos cientistas com contribuição relevante à ciência e tecnologia nas áreas de ciências biológicas, físicas, ciências agrárias, ciências da terra, química, matemática, ciências sociais e humanas, ciências tecnológicas, engenharias. Há ainda a categoria de personalidades nacionais ou estrangeiras, destinadas a premiar pessoas que, embora não sejam cientistas, tenham contribuído para o desenvolvimento da ciência e tecnologia.

Homenagem

Durante a solenidade, será prestada homenagem póstuma ao físico polonês George Charpak, vencedor do Prêmio Nobel de 1992 e que atuou na área de física nuclear e de partículas em várias instituições científicas, incluindo o Cern, organização europeia para a pesquisa nuclear.

Fonte:
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems