Ciência e Tecnologia

Olimpíada

Obmep 2014 tem 18,2 milhões de alunos inscritos, de 5.533 cidades

Número de municípios com escolas participantes aumentou: foram 5.533 neste ano (99,41% do total de cidades brasileiras) contra 5.529 em 2013
publicado: 04/04/2014 19h14, última modificação: 22/12/2017 12h13

A 10ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep 2014) teve um total de 18.187.971 alunos inscritos de 46.698 escolas. Em relação ao ano passado, aumentou o número de municípios com escolas participantes: foram 5.533 neste ano (99,41% do total de cidades brasileiras) contra 5.529 em 2013. As inscrições para a Obmep 2014 se encerraram no dia 21 de março, e a prova da primeira fase será em 27 de maio.

Os estados com maior número de alunos inscritos foram São Paulo e Minas Gerais. São Paulo teve 3.497.224 alunos inscritos por 5.755 escolas de 645 municípios. Em Minas são 1.936.366 alunos inscritos por 4.558 escolas situadas em 851 cidades.

A Obmep é uma atividade do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e recursos do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Criada em 2005, tem como objetivos estimular o estudo da matemática nas escolas públicas e revelar talentos.

Níveis de participação

Os alunos que participam da Olimpíada são divididos em três níveis: alunos do 6º e 7º anos do ensino fundamental fazem a prova do nível 1; os alunos do 8º e do 9º anos fazem a prova do nível 2; e os alunos de 1º, 2º e 3º anos do ensino médio fazem a prova do nível 3.

A Obmep é realizada em duas fases: na primeira fase, todos os alunos do 6º ano do ensino fundamental (antiga 5ª série) até o 3º ano do ensino médio das escolas públicas brasileiras são incentivados a participar. A prova, composta de 20 questões objetivas (múltipla escolha), é realizada nas próprias escolas. Cabe a cada escola participante fazer a correção das provas dos níveis 1, 2 e 3 (com base em um gabarito enviado pela coordenação da Obmep) e selecionar cerca de 5% dos alunos com melhor pontuação.

Assim, os cerca de 5% dos alunos de cada escola com melhor desempenho na primeira fase se classificam para a segunda. Nesta fase, que define os medalhistas e ganhadores de menções honrosas, os alunos fazem uma prova com seis questões dissertativas, onde devem expor os cálculos e raciocínio utilizados. A prova da segunda fase acontece em cerca de 9 mil centros de aplicação espalhados pelo país e é corrigida por professores indicados pelas coordenações regional e nacional da olimpíada.

Premiações

A lista dos alunos premiados é divulgada no site da olimpíada. Em 2014, serão 6.500 medalhistas (500 medalhistas de ouro, 1.500 de prata e 4.500 de bronze), além de 46.200 ganhadores de menções honrosas. Os 6.500 medalhistas de 2014 serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC), que será realizado em 2015.

Também são premiados professores, escolas e secretarias de educação de municípios que se destacam em virtude do desempenho dos alunos. Os critérios podem ser consultados na página da Obmep.

 

Fonte:

Ministério de Ciência e Tecnologia

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems