Educação

Espaço interativo

FNDE participa da Bienal do Livro de São Paulo

Além de oferecer às crianças atividades lúdicas e interativas, estande expõe os livros distribuídos nas escolas públicas do País
publicado: 25/08/2014 18h31, última modificação: 23/12/2017 11h41
FNDE participa da Bienal do Livro de São Paulo

Espaço exibe diversas obras didáticas encaminhadas a escolas de todo o País - Foto: Divulgação/FNDE

Maior comprador de livros didáticos e de literatura do país, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) participa da 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo (SP).

O estande do FNDE exibe obras adquiridas recentemente e encaminhadas para escolas públicas de todo o Brasil. Além disso, proporciona atividades lúdicas na área de educação para crianças e jovens que visitam o espaço.

“As crianças ficam encantadas com os nossos livros de literatura”, afirma a coordenadora-geral dos programas do livro do FNDE, Sonia Schwartz.

Ações

Durante o evento, técnicos do FNDE também apresentam aos interessados os programas nacionais de acesso ao livro didático e à biblioteca escolar. 

O objetivo do programa de acesso ao livro no ambiente escolar é oferecer às escolas públicas de ensino fundamental e médio livros didáticos, dicionários e obras complementares. A iniciativa também atende alunos da educação de jovens e adultos das redes públicas de ensino e das entidades parceiras do programa nacional de alfabetização.

O programa de acesso à biblioteca escolar, por sua vez, busca fomentar a leitura e democratizar o acesso às fontes de informação, além de atuar no desenvolvimento profissional do professor. Para isso, distribui às escolas públicas acervos compostos por obras de literatura, de referência, de pesquisa e de outros materiais relativos ao currículo da educação básica.

Sobre o evento

A 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que começou na última sexta-feira (22), espera receber 800 mil visitantes até o dia 31 de agosto.

O evento reúne as principais editoras, livrarias e distribuidoras do País. São cerca de 480 expositores em um espaço total de 60 mil m². Com uma programação abrangente, a bienal mescla literatura com diversão, negócios, gastronomia e cultura.

Fonte:
Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação 

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems