Educação

Ingresso na universidade

Mais uma instituição de ensino portuguesa passa a aceitar notas do Enem

Instituto Politécnico de Maia firmou acordo com o Inep no início de outubro. Agora são 27 instituições portuguesas a utilizar resultados do Enem
publicado: 17/10/2017 16h29, última modificação: 29/12/2017 06h22

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passarão a ser aceitas pelo Instituto Politécnico de Maia (IPMaia), de Portugal. A instituição assinou um convênio com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no último dia 6 de outubro.

Com a nova adesão, chegam a 27 o número de instituições portuguesas que utilizam as notas do Enem. De acordo com o Inep, essas universidade usam critérios próprios para definir a nota de corte para o acesso dos estudantes brasileiros aos cursos ofertados.

Em junho deste ano, técnicos do Inep estiveram em Portugal e visitaram algumas Instituições de Ensino Superio (IES) conveniadas, para mapear os estudantes brasileiros que estudam naquele país a partir das notas do Enem.

Convênios

O primeiro convênio interinstitucional firmado pelo Inep com universidades portuguesas ocorreu em 2014. O processo iniciou-se com a Universidade de Coimbra. Desde então, outras instituições passaram a utilizar os resultados do Enem como critério para receber alunos brasileiros. Conheça as instituições conveniadas com o Brasil:

• Universidade de Coimbra (26/05/2014)
• Universidade de Algarve (18/09/2014)
• Instituto Politécnico de Leiria (24/04/2015)
• Instituto Politécnico de Beja (10/07/2015)
• Instituto Politécnico do Porto (26/08/2015)
• Instituto Politécnico de Portalegre (08/10/2015)
• Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (09/11/2015)
• Instituto Politécnico de Coimbra (24/11/2015)
• Universidade de Aveiro (25/11/2015)
• Instituto Politécnico de Guarda (26/11/2015)
• Universidade de Lisboa (27/11/2015)
• Universidade do Porto (09/03/2016)
• Universidade da Madeira (14/03/2016)
• Instituto Politécnico de Viseu (15/07/2016)
• Instituto Politécnico de Santarém (15/07/2016)
• Universidade dos Açores (04/08/2016)
• Universidade da Beira Interior (20/09/2016)
• Universidade do Minho (24/10/2016)
• Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (24/03/2017)
• Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (05/04/2017)
• Instituto Politécnico de Setúbal (05/04/2017)
• Instituto Politécnico de Bragança (06/04/2017).
• Instituto Politécnico de Castelo Branco (22/05/2017)
• Universidade Lusófona do Porto (25/05/2017)
• Universidade Portucalense (26/07/2017)
• Instituto Universitário da Maia (Ismai) (26/07/2017)
• Instituto Politécnico da Maia (IPmaia) (06/10/2017)

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Inep