Esporte

Futebol feminino

Ferroviária é campeã da Copa do Brasil de Futebol Feminino

Resultado evitou o tricampeonato do São José e fez a Ferroviária levantar o troféu de uma competição nacional pela primeira vez
publicado: 16/04/2014 11h11, última modificação: 23/12/2017 11h34
Ferroviária é campeã da Copa do Brasil de Futebol Feminino

Resultado evitou o tricampeonato do São José - Foto: Divulgação

Depois de ter perdido por 1 x 0 para o São José no tempo regulamentar, a Ferroviária, de Araraquara (SP), levou a melhor na disputa dos pênaltis e é o novo campeão da Copa Brasil de Futebol Feminino. A partida aconteceu nessa terça-feira (15), no estádio Joe Sanchez, em São José dos Campos.

Jogando em casa, o São José precisava de uma vitória por dois gols de diferença para levar o título diretamente, já que havia perdido o jogo de ida por 1 x 0. Com o placar igualado no somatório dos dois jogos, a disputa foi para os pênaltis e terminou em 5 x 4 para o time visitante.

O resultado evitou o tricampeonato do São José e fez a Ferroviária levantar o troféu de uma competição nacional pela primeira vez. Com o título, a equipe garante vaga na Copa Libertadores da América de 2015. O time de Araraquara ainda emplacou as duas artilheiras da Copa do Brasil: Nenê e Ludmila assinalaram, cada uma, nove gols durante toda a competição.

A coordenadora de Futebol Feminino do Ministério do Esporte, Michael Jackson, acompanhou a decisão no estádio. “Vimos aqui uma partida de alto nível técnico em um campo de boa qualidade. Isso nos dá bastante otimismo para as competições que ainda acontecerão neste ano, como o Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores, que terão, mais uma vez, o apoio do Ministério do Esporte”, avaliou a representante da pasta.

Em 2014, a Ferroviária marcou 50 gols e sofreu três nas cinco fases do campeonato.

O jogo
No primeiro tempo, as duas equipes tiveram algumas oportunidades - Chu para as donas da casa, e Nenê e Pat para as visitantes.

Na segunda etapa, o São José, que precisava marcar, teve algumas chances desperdiçadas, até que Formiga foi para a cobrança de escanteio pelo lado direito da goleira Luciana. A bola foi direto na cabeça de Poliana, que abriu o placar.

O resultado levou a decisão do título para as penalidades. E nesta hora foi a vez de as goleiras brilharem: Kaká (São José) e Luciana (Ferroviária), que não tinham tido muito trabalho durante o tempo normal, fizeram belíssimas defesas.

Foram nove cobranças para cada lado. Na sétima batida, Pat chutou e Kaká defendeu com o pé. Já Luciana defendeu três cobranças, dando o título de campeão da Copa do Brasil de Futebol Feminino para a Ferroviária de Araraquara.

Fontes:
Ministério do Esporte
Confederação Brasileira de Futebol

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems