Esporte

Rio 2016

Rio inaugura Arena Carioca 2, penúltimo palco entregue para os Jogos

Estádio, localizado no Parque Olímpico da Barra, vai receber competições de judô, lutas livre e greco-romana, além da bocha paralímpica
publicado: 14/05/2016 16h37, última modificação: 23/12/2017 10h34
Imagens internas da Arena Carioca 2, no Parque Olímpico da Barra

Com capacidade para até 10 mil pessoas, a Arena Carioca 2 foi a última de três arenas entregues para os Jogos Rio 2016 - Foto: Roberto Castro/Brasil2016.gov.br

O cenário está quase pronto e perfeito para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 após a inauguração da Arena Carioca 2, no Parque da Barra. O palco das lutas livre, greco-romana e do judô, a modalidade que mais medalhas olímpicas deu ao País e que em agosto é mais uma vez esperança de pódios para o Brasil, foi entregue ao Comitê Organizador neste sábado (14).

Penúltimo estádio entregue na fase de preparação, a estrutura foi conferida e aprovada por representantes do Comitê Olímpico Internacional (COI) e atletas da Seleção Brasileira de bocha paralímpica, modalidade que terá disputa nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 na Arena.

Também estiveram na Arena Carioca 2 o presidente do Comitê Organizador dos Jogos Rio-2016, Carlos Arthur Nuzman, e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que ressaltou a entrega do local dentro do prazo e sem sobrepreço. Com a Arena Carioca 2 inaugurada, resta para ser entregue entre os estádios apenas o Velódromo, também localizado no Parque Olímpico da Barra.

Estrutura

Com capacidade para até 10 mil pessoas, a Arena Carioca 2 foi a última de três arenas entregues para os Jogos Rio 2016. Assim como as outras, ela será parte importante do legado para os atletas de alto rendimento se prepararem para as próximas olimpíadas e demais eventos internacionais. O desenho da fachada se inspirou nas montanhas da cidade, com formato sinuoso e pilares de madeira.

Os 23 mil m² de área da Arena respeitam a acessibilidade com duas rampas de acesso, banheiros e vestiários adaptados. O financiamento saiu de uma parceria público-privada da prefeitura com a Concessionária Rio Mais.

Depois dos Jogos, as arquibancadas provisórias serão desmontadas e o espaço terá salas de treinamento construídas sobre as lajes. A prefeitura prevê que as modalidades praticadas na Arena serão badminton, esgrima, judô, ginástica rítmica e de trampolim, lutas livre e greco-romana, levantamento de peso e tênis de mesa. Em todas, a expectativa é de ampliar a formação de novos atletas.

A Arena Carioca 2 também recebeu selo de qualidade da judoca campeã olímpica em Londres-2012, Sarah Menezes, que visitou o estádio neste sábado. "A estrutura está excelente, estou achando tudo muito lindo. Agora a expectativa é do público, né? Dentro da arena, torcendo para o Brasil, numa motivação bem agradável. Vou esperar o momento, o mês e o dia chegar para dar o meu máximo", declarou a única campeã olímpica do Brasil no judô na história.

A cerimônia de inauguração contou com a presença do novo ministro do Esporte, Leonardo Picciani. Ele exaltou o momento como oportunidade de mostrar um País pronto para organizar os Jogos em agosto. "Nós iremos cumprir com todos os compromissos que ainda faltam para os Jogos junto com a prefeitura e o governo do Rio. Estamos na fase final, dos últimos ajustes para que daqui a 83 dias possamos receber o mundo no Rio", afirmou.

Fonte: Brasil 2016

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems