Esporte

Rio 2016

Comitê Paralímpico anuncia seis novos atletas na delegação brasileira

Reforço no Time Brasil vem após o Comitê Paralímpico da Rússia ser suspenso da competição e um atleta do tiro ao arco desistir
publicado: 25/08/2016 15h35, última modificação: 23/12/2017 11h09
Seis atletas são incluídos à delegação brasileira nas paralimpíadas

O nadador paralímpico Ronystony Cordeiro (foto) é um dos seis atletas que passaram a integrar a delegação brasileira após a exclusão da Rússia - Foto: CPB/Divulgação

Seis novos atletas fazem parte da delegação brasileira na Paralimpíada 2016 — que passa a ter 285 esportistas. O reforço no quadro de atletas do País foi divulgado nesta quinta-feira (25) pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), após a suspensão do Comitê Paralímpico da Rússia e uma desistência ocorrida na modalidade tiro com arco.

A reorganização foi feita pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês) e inclui os atletas Mariana D’Andrea (halterofilismo), Ronystony Cordeiro, Adriano de Lima, Alan Augusto Santos (natação), Vanderson Chaves (esgrima) e Patrícia Layolle (tiro com arco).

Assim, a delegação brasileira agora será composta por 185 homens e 100 mulheres, maior participação em volume de atletas brasileiros em Jogos Paralímpicos. Com os 23 acompanhantes e 195 oficiais, a equipe verde e amarela será composta por 503 pessoas.

Missão Nos Jogos Rio 2016

O Brasil tem como objetivo chegar ao quinto lugar no quadro geral de medalhas. A melhor participação até o momento ocorreu em Londres 2012, quando a delegação brasileira conquistou o sétimo lugar – foram 21 medalhas de ouro, 14 de prata e oito de bronze.

A cerimônia de abertura está marcada para o dia 7 de setembro. Os Jogos serão realizados até o dia 18. São esperados cerca de 4.350 atletas de 160 países na competição. Estarão em disputa 528 medalhas.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério dos Esportes

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems