Meio Ambiente

Recursos hídricos

Programa Água Doce recebe R$ 9 milhões para pagamento de convênios

Ministério do Meio Ambiente estuda a expansão do programa que leva água potável para comunidades rurais do semiárido brasileiro
publicado: 26/08/2016 19h29, última modificação: 23/12/2017 10h23
MMA LIBERA R$ 9 MILHÕES PARA PROGRAMA ÁGUA DOCE

O programa Água Doce foi apontado como uma iniciativa ímpar em todo o mundo - Foto: Manu Dias/Governo da Bahia

O Ministério do Meio Ambiente anunciou a liberação de R$ 9 milhões para o pagamento de parcelas dos convênios firmados pelo programa Água Doce, referentes a 2016. A medida foi apresentada pelo secretário de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente, Ricardo Soavinski.

Depois de elogiar o programa de dessalinização, que atende 10 Estados, o secretário afirmou que o MMA está estudando expandir a iniciativa, levando às famílias beneficiadas energia solar e outras ações voltadas para a implantação de uma infraestrutura verde no semiárido.

“Nas iniciativas do MMA precisamos ir mais longe, dentro de uma linha de interdependência de nossas ações. Assim, além de oferecer água em quantidade e de qualidade, precisamos envolver outras secretarias para discutir a educação ambiental, resolver o problema de resíduos sólidos e de gerenciamento, entre outras questões”, defendeu Soavinski.

Ao enfatizar a gravidade da crise hídrica no País, Soavinski disse que, além da gravidade do problema do Nordeste, o MMA se preocupa com a situação das demais bacias hidrográficas, microbacias, áreas da recarga de água e a destruição dos ecossistemas.

“É prioridade do ministro Sarney Filho integrar as políticas a cargo do ministério e desenvolver programas como o de Revitalização do rio São Francisco, envolvendo vários ministérios e setores do governo federal, Estados e municípios”, afirmou.

O coordenador Nacional do Programa Água Doce, Renato Saraiva Ferreira, adiantou que os estudos de expansão do Água Doce deverão resultar na implantação de projetos piloto que depois serão estendidos a outras áreas.

Acesso à água

Nesta sexta-feira, Ricardo Soavinski participou da inauguração de mais um sistema de dessalinização no Estado de Sergipe. Na comunidade de Aningas, no município de Nossa Senhora da Glória (SE), a 150 quilômetros da capital do Estado, 120 famílias serão beneficiadas. Cada uma delas receberá 40 litros de água por dia, proveniente de sistema de dessalinização alimentado por um poço com vazão de dois mil litros por horas.

O Água Doce faz parte do Programa Água para Todos, como política pública de acesso à água de boa qualidade para o consumo humano. O programa incorpora cuidados técnicos, ambientais e sociais na gestão dos sistemas de dessalinização em comunidades rurais do semiárido brasileiro.

O programa conta com uma rede de cerca de 200 instituições, envolvendo 10 Estados (Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Ceará, Paraíba, Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Piauí e Pernambuco) e parceiros federais.

Até o momento, cerca de 100 mil pessoas, distribuídas em 150 comunidades, já foram beneficiadas e outras 600 foram capacitadas, entre técnicos estaduais, operadores e gestores dos sistemas de dessalinização.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Meio Ambiente

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems