Saúde

Solidariedade

Quer doar sangue? Procure algum dos mais de 500 locais de coleta na rede pública

Qualquer pessoa pode doar, basta estar em bom estado de saúde e ter mais de 50 quilos
publicado: 04/07/2017 13h36, última modificação: 23/12/2017 10h29
Brasileiros podem realizar doação de sangue em mais de 500 locais

Sala de doação do Hemocentro de Brasília - Foto: Arquivo/Agência Brasil

Doar sangue e ajudar a salvar vidas pode ser mais fácil do que se imagina. Em todo o Brasil, existem 27 hemocentros coordenadores e 500 serviços de coleta em unidades básicas de saúde (UBSs), segundo o Ministério da Saúde. Apesar disso, atualmente 1,8% da população brasileira doa sangue.

Embora o percentual fique dentro dos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) - de pelo menos 1% da população -, o Ministério da Saúde tem trabalhado para aumentar a taxa. 

Para doar, basta procurar um local que realiza a coleta. No Brasil, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para os menores de 18 anos é necessário o consentimento dos responsáveis e, entre 60 e 69 anos, a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos.

Além disso, é preciso pesar, no mínimo, 50 quilos e estar em bom estado de saúde. O candidato deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum. No dia, é imprescindível levar documento de identidade com foto.

A frequência máxima é de quatro doações anuais para o homem e de três doações anuais para a mulher. O intervalo mínimo deve ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

Perfil

O perfil dos doadores de sangue se mantém estável ao longo dos últimos anos. Do total de doadores, 60% são do sexo masculino e 40% do sexo feminino. O maior percentual está na faixa etária a partir dos 29 anos, com 58% do total dos doadores, enquanto as pessoas de 16 a 29 anos representam 42%

O sangue é insubstituível, por isso a doação é importante. Quem precisa só consegue graças à generosidade de quem doa. Com o período de férias, o frio e a seca, a tendência é que os estoques diminuam. 

Quem se interessar em doar, mas ainda tem alguma dúvida, pode acessar o site especial do Ministério da Saúde. Lá é possível encontrar as principais perguntas e respostas sobre o assunto e todos os critérios exigidos para a doação.  

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Saúde 

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems