Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2009 > 11 > Cresce número de transplantes no País

Saúde

Cresce número de transplantes no País

Doação de órgãos

Número de doadores de órgãos no Brasil cresce a cada dia e, com ele, o índice de transplantes realizados no País
por Portal Brasil publicado: 05/11/2009 11h40 última modificação: 28/07/2014 09h02

O número de doadores de órgãos no Brasil cresce cada dia, e com ele, o índice de transplantes realizados no País. O programa público nacional de transplantes de órgãos e tecidos é um dos maiores do mundo. O Brasil já ultrapassou a marca de um milhão de doadores de medula óssea e é considerado o terceiro maior banco de dados do gênero no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e a Alemanha.

O prazo máximo para que a cirurgia seja feita após a retirada do órgão varia de acordo com cada tecido. A cirurgia de coração e fígado é a mais urgente e deve ser feita no prazo de 4 a 6 horas. Depois vem a do fígado, 12 a 18 horas, e rins, 24 a 36 horas. A córnea pode ser transplantada em até 14 dias. Tal facilidade fez com que o Brasil registrasse, no primeiro semestre de 2009, 6.151 transplantes desse tipo. A cirurgia de córnea também é mais fácil porque pode ser realizada em ambulatórios, sem necessidade da internação do paciente.

Apesar do crescimento do número de transplantes no Brasil, a lista de espera por órgãos e tecidos ainda é grande, com aproximadamente 60 mil pessoas. Mais da metade desses pacientes esperam por um transplante renal.

A autorização para doação de órgão é dada pela família do falecido. O transplante ocorre a partir da constatação da morte cerebral. Em casos como o de medula óssea, rim, fígado e pâncreas, a doação pode ser realizada ainda em vida, em caso de parentesco até 4º grau, ou com autorização judicial para não familiares.

Mais informações:
Portal da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Usuários aprovam atendimento no SUS #2
Luana de Jesus Silva Ferreira, 22 anos, elogia o atendimento que recebe no Posto 7 próximo a sua casa. Além disso, ela conta como foi seu parto, realizada na Casa de Parto São Sebastião, referência no Distrito Federal. Leia mais no Portal Brasil: http://goo.gl/e470ks
Usuários aprovam atendimento no SUS #1
Jaqueline Barbosa, técnica de enfermagem do Posto de Saúde 12, no Distrito Federal, fala sobre a satisfação de atender a população. Leia mais no Portal Brasil: http://goo.gl/e470ks
Jaime Oliveira fala sobre Portal Click Saúde
Click Saúde orienta a população na compra de produtos de saúde em sites de comércio eletrônico
Luana de Jesus Silva Ferreira, 22 anos, elogia o atendimento que recebe no Posto 7 próximo a sua casa. Além disso, ela conta como foi seu parto, realizada na Casa de Parto São Sebastião, referência no Distrito Federal. Leia mais no Portal Brasil: http://goo.gl/e470ks
Usuários aprovam atendimento no SUS #2
Jaqueline Barbosa, técnica de enfermagem do Posto de Saúde 12, no Distrito Federal, fala sobre a satisfação de atender a população. Leia mais no Portal Brasil: http://goo.gl/e470ks
Usuários aprovam atendimento no SUS #1
Click Saúde orienta a população na compra de produtos de saúde em sites de comércio eletrônico
Jaime Oliveira fala sobre Portal Click Saúde

Últimas imagens

Número de acidentes de trânsito no Brasil - comparativo 2008 e 2013 - mortes - internações
Número de acidentes de trânsito no Brasil - comparativo 2008 e 2013 - mortes - internações
Em dez anos, frota de motos cresceu 247,1% e representa quase 50% do total de veículos no Norte e Nordeste
Em dez anos, frota de motos cresceu 247,1% e representa quase 50% do total de veículos no Norte e Nordeste
Mario Bittencourt/Agecom
Candidatos que validarem a participação já podem começar a trabalhar a partir de segunda-feira (3)
Candidatos que validarem a participação já podem começar a trabalhar a partir de segunda-feira (3)
Karina Zambrana / ASCOM-MS
Vacina contra HPV é disponibilizada gratuitamente pelo SUS para meninas de 9 a 11 anos
Vacina contra HPV é disponibilizada gratuitamente pelo SUS para meninas de 9 a 11 anos
Rodrigo Nunes/MS

Governo digital