Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2009 > 11 > Cresce número de transplantes no País

Saúde

Cresce número de transplantes no País

Doação de órgãos

Número de doadores de órgãos no Brasil cresce a cada dia e, com ele, o índice de transplantes realizados no País
por Portal Brasil publicado: 05/11/2009 11h40 última modificação: 28/07/2014 09h02

O número de doadores de órgãos no Brasil cresce cada dia, e com ele, o índice de transplantes realizados no País. O programa público nacional de transplantes de órgãos e tecidos é um dos maiores do mundo. O Brasil já ultrapassou a marca de um milhão de doadores de medula óssea e é considerado o terceiro maior banco de dados do gênero no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e a Alemanha.

O prazo máximo para que a cirurgia seja feita após a retirada do órgão varia de acordo com cada tecido. A cirurgia de coração e fígado é a mais urgente e deve ser feita no prazo de 4 a 6 horas. Depois vem a do fígado, 12 a 18 horas, e rins, 24 a 36 horas. A córnea pode ser transplantada em até 14 dias. Tal facilidade fez com que o Brasil registrasse, no primeiro semestre de 2009, 6.151 transplantes desse tipo. A cirurgia de córnea também é mais fácil porque pode ser realizada em ambulatórios, sem necessidade da internação do paciente.

Apesar do crescimento do número de transplantes no Brasil, a lista de espera por órgãos e tecidos ainda é grande, com aproximadamente 60 mil pessoas. Mais da metade desses pacientes esperam por um transplante renal.

A autorização para doação de órgão é dada pela família do falecido. O transplante ocorre a partir da constatação da morte cerebral. Em casos como o de medula óssea, rim, fígado e pâncreas, a doação pode ser realizada ainda em vida, em caso de parentesco até 4º grau, ou com autorização judicial para não familiares.

Mais informações:
Portal da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Vacinação de rotina para febre amarela é ofertada em 19 estados, e de forma escalonada no RJ e ES
Naftali Emídio/Pref. do Cabo de Santo Agostinho
Profissionais devem escolher município de atuação até quinta-feira (16)
Profissionais devem escolher município de atuação até quinta-feira (16)
Pei Fon/Prefeitura de Maceió

Governo digital