Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2009 > 12 > Saúde da Família fornece equipes multidisciplinares

Saúde

Saúde da Família fornece equipes multidisciplinares

Atendimento ao cidadão

Programa federal organiza os serviços de Atenção Básica do governo e reorienta os profissionais que trabalham com assistência, promoção da saúde, prevenção de doenças e reabilitação
por Portal Brasil publicado: 28/12/2009 20h05 última modificação: 28/07/2014 09h02
Luis Oliveira/Ministério da Saúde Atendimentos médico e odontológico são prestados na unidade de saúde ou em casa

Atendimentos médico e odontológico são prestados na unidade de saúde ou em casa

Levar a saúde para mais perto da família e melhorar a qualidade de vida dos brasileiros. Esses são os principais objetivos do programa Saúde da Família, criado para organizar os serviços de Atenção Básica do governo e reorientar os profissionais que hoje trabalham com assistência, promoção da saúde, prevenção de doenças e reabilitação.

O atendimento é prestado pelos profissionais das equipes de Saúde da Família (médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, agentes comunitários de saúde, dentistas e auxiliares de consultório dentário) na unidade de saúde ou nos domicílios. 

Essas equipes são responsáveis pelo acompanhamento de um número definido de famílias, que estão localizadas em uma área geográfica delimitada, e promovem ações de prevenção, recuperação, reabilitação de doenças e manutenção da saúde. O trabalho direto com as pessoas de cada região facilita o atendimento e o acompanhamento das famílias na comunidade.

Cada equipe do Saúde da Família deve ser responsável por, no máximo, 4.000 pessoas, sendo a média recomendada de 3.000 pessoas. Esse número de pessoas por equipe considera o grau de vulnerabilidade das famílias da região. 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mutirão já realizou mais de 33 mil cirurgias no país
O Ministério da Saúde está trabalhando para diminuir a espera por cirurgias eletivas, aquelas que não são emergências
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
O Ministério da Saúde está trabalhando para diminuir a espera por cirurgias eletivas, aquelas que não são emergências
Mutirão já realizou mais de 33 mil cirurgias no país
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País

Últimas imagens

Soro
Divulgação/Prefeitura de Campo Verde (MT)
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital