Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 04 > Inmetro analisa peixes e azeites e identifica os produtos mais saudáveis

Saúde

Inmetro analisa peixes e azeites e identifica os produtos mais saudáveis

por Portal Brasil publicado: 18/04/2011 15h13 última modificação: 28/07/2014 12h51

Durante o período da Semana Santa, os ovos de chocolate, peixes e os azeites estão entre os produtos mais procurados pelos consumidores. Por causa do aumento no consumo, o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) analisou  os teores de gordura e colesterol em diferentes tipos de peixes e azeites vendidos no País.

Os resultados das análises em peixes demonstraram que os peixes filhote e pescadinha foram os que apresentaram maior teor de lipídios, ou seja, são os mais gordurosos para o modo grelhado.

Já os peixes badejo e robalo foram os que apresentaram o menor teor de lipídios, sendo, conseqüentemente, os menos gordurosos.

Quanto ao colesterol, comparando os diversos tipos de peixe na versão grelhada, o badejo, seguido do namorado, foram os peixes que apresentaram os menores teores de colesterol. O pirarucu apresentou o maior teor de colesterol quando refogado em azeite extra virgem e em óleo, significando que, ao comer 300g de pirarucu refogado em azeite, o consumidor estará no limite da sua cota máxima diária.


Gordura saturada

No que diz respeito ao teor de gordura saturada, para o modo de preparo grelhado, os peixes que apresentaram maiores teores foram o filhote, a truta e a pescadinha. O badejo, novamente, foi o peixe que apresentou o menor teor.

Com relação aos ácidos graxos essenciais, ômega 3 e ômega 6, os resultados encontrados confirmaram a necessidade de equilíbrio entre o alto teor de ômega 3 e o baixo teor de saturados. “A ingestão de peixe é benéfica à saúde, pois sua carne é rica em vitaminas, minerais e ácidos graxos essenciais que reduzem o risco de doenças cardíacas. Contudo, a escolha do modo de preparo é fundamental para a manutenção dos benefícios desse alimento”, afirma Alfredo Lobo, diretor da Qualidade do Inmetro.

A análise dos azeites evidenciou que o de dendê é o menos adequado ao consumo diário: mais de 40% do total de ácidos graxos são saturados. O contrário ocorre com os azeites de oliva em geral, cujos teores de ácidos graxos saturados não ultrapassam 25%.

A influência do calor da fritura na perda do perfil de ácidos graxos dos azeites foi outro item analisado. “Entretanto, vale ressaltar que o uso de um azeite em fritura por tempo muito prolongado pode prejudicar a qualidade nutricional do mesmo”, alerta Lobo.

Para os testes, o Inmetro utilizou nove tipos de peixes, em posta e filé, categorizados como “água doce” (pirarucu, filhote e truta), “alto mar” (badejo e cherne) e “costa” (pescadinha, robalo, sardinha e namorado); e quatro diferentes tipos de azeite: virgem, extra virgem, oliva e dendê, nacionais e importados.

O Inmetro disse que enviará os relatórios das análises aos Ministérios da Saúde e da Pesca e Aquicultura, para usar como base em políticas públicas preventivas voltadas à saúde e à reeducação alimentar dos brasileiros.


Fonte:
Inmetro

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Vacina extra contra febre amarela reforça imunização
Cerca de 1,6 mil doses vão para Minas Gerais, 400 mil para Bahia e 350 mil para Rio de Janeiro
Novo calendário de residência médica permitirá redução das vagas ociosas
A trajetória de estudo de um profissional de medicina inclui a fase de residência médica. Uma medida anunciada pelo governo federal visa reduzir o número de vagas ociosas para quem quer ingressar na carreira
Municípios de São Paulo receberão recursos para investir em saúde
O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta terça-feira (10). No mesmo dia, o estado de São Paulo recebeu novas ambulâncias para renovar a frota do Samu
Cerca de 1,6 mil doses vão para Minas Gerais, 400 mil para Bahia e 350 mil para Rio de Janeiro
Vacina extra contra febre amarela reforça imunização
A trajetória de estudo de um profissional de medicina inclui a fase de residência médica. Uma medida anunciada pelo governo federal visa reduzir o número de vagas ociosas para quem quer ingressar na carreira
Novo calendário de residência médica permitirá redução das vagas ociosas
O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta terça-feira (10). No mesmo dia, o estado de São Paulo recebeu novas ambulâncias para renovar a frota do Samu
Municípios de São Paulo receberão recursos para investir em saúde

Últimas imagens

Gasto federal com terapia renal tem evoluído percentualmente mais do que a quantidade realizada
Gasto federal com terapia renal tem evoluído percentualmente mais do que a quantidade realizada
Divulgação/Governo de Sergipe
Como a doença é considerada rara, Lynparza (olaparibe) teve sua análise priorizada pela Anvisa
Como a doença é considerada rara, Lynparza (olaparibe) teve sua análise priorizada pela Anvisa
Divulgação/Anvisa
A ocorrência de dependência com o uso do Mevatyl é improvável
A ocorrência de dependência com o uso do Mevatyl é improvável
Divulgação/Anvisa
Cartilha visa despertar olhar infantil para conhecimento sobre biologia e principais criadouros do mosquito
Cartilha visa despertar olhar infantil para conhecimento sobre biologia e principais criadouros do mosquito
Foto: Luiz Granzotto/Prefeitura de Campinas
Na arteterapia, a arte é usada como parte do processo terapêutico
Na arteterapia, a arte é usada como parte do processo terapêutico
Kássio Pereira/Governo do Paraná

Governo digital