Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 10 > Anvisa cria Câmara Técnica de Produtos Biológicos

Saúde

Anvisa cria Câmara Técnica de Produtos Biológicos

por Portal Brasil publicado: 20/10/2011 17h18 última modificação: 28/07/2014 12h50

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) criou a Câmara Técnica de Produtos Biológicos (Catebio) instância colegiada, de natureza consultiva, que discutirá desde temas específicos como o desenvolvimento e o registro de produtos biológicos até o estabelecimento de diretrizes e a elaboração de guias por categoria de produtos. A resolução foi publicada nesta quinta-feira (20) no Diário Oficial da União.

No Brasil, o uso de produtos biológicos (vacinas, soros, vírus, hormônios, hemoderivados, fermentos e vitaminas naturais ou sintéticas) tem cobertura assistencial do governo, por meio de programas do Ministério da Saúde. Esses produtos representam uma parcela significativa do orçamento destinado ao setor - 41% do total gasto anualmente pelo ministério com medicamentos.

A regulação dos produtos biológicos no Brasil foi tema de reunião entre o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, e a diretora-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Margaret Chan, quinta-feira (19) no Rio de Janeiro. O encontro ocorreu durante a 1ª Conferência Mundial sobre Determinantes Sociais da Saúde.

A iniciativa da Anvisa está inserida na perspectiva da OMS de combate às desigualdades na saúde. Baseada em regulamentações e diretrizes internacionais, a agência está estabelecendo as normas necessárias para a produção de medicamentos biológicos, considerando que a patente da maioria desses produtos está expirando.


Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Campanha do Outubro Rosa conscientiza sobre o câncer de mama. Pacientes do Rio de Janeiro contam como encontraram apoio no SUS
Quase 58 mil casos de câncer de mama foram diagnosticados no Brasil

Últimas imagens

A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Vírus do sarampo e rubéola são endêmicos em países europeus e, com a globalização, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Programa conta com 18.240 vagas em mais de 4 mil municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas
Cícero Oliveira/UFRN

Governo digital