Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 10 > Justiça suspende audiências públicas da Anvisa sobre derivados do tabaco

Saúde

Justiça suspende audiências públicas da Anvisa sobre derivados do tabaco

por Portal Brasil publicado: 06/10/2011 16h00 última modificação: 28/07/2014 12h50

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região, suspendeu a realização das duas audiências públicas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que iriam debater novos critérios no controle de produtos derivados do tabaco. As audiências seriam realizadas nesta quinta-feira (6), no Rio de Janeiro (RJ).

O pedido de cancelamento das audiências públicas foi feito pelo Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco. A alegação da entidade é de que os locais escolhidos para realização da audiência pública são inadequados por disponibilizarem “apenas 200 lugares”.

Na decisão, o desembargador responsável pelo caso,Vilson Darós, determina que a Anvisa fixe nova data para realização das audiências públicas, com aviso de no mínimo 15 dias de antecedência da ocorrência das mesmas. Além disso, a decisão exige que o local para realização das audiências públicas tenham capacidade mínima pra 1 mil pessoas.


Consultas públicas

As audiências públicas iriam discutir questões relativas às consultas públicas 112 e 117/2010 da Anvisa. A consulta pública 117/2010 trata sobre o uso de especiarias e aditivos que conferem sabor doce, mentolado e outros aos produtos derivados do tabaco.  Já a consulta pública 112/2010 dispõe sobre as embalagens e os materiais de propaganda dos produtos do tabaco.

Dados levantados pela Anvisa  apontam que, das 127.905 participações recebidas por via postal para a CP112/2010, apenas 10 continham contribuições de fato. Do restante, 106.583 eram apenas manifestações e 21.312 continham erros, que desqualificaram as manifestações Quanto à 481 participações recebidas por e-mail para a mesma consulta pública, apenas 78 continham contribuições, sendo que 262 eram apenas manifestações e 141 continham erros que desqualificaram as manifestações.

No que diz respeito à CP 117/2010, das 140.754 correspondências recebidas por via postal, apenas 28 continham contribuições de fato. As manifestações chegaram ao número 119.128 e 21.070 continham erros que as desqualificaram. Das 1.020 recebidas por e-mail, apenas 301 continham contribuições. No restante, 503 eram apenas manifestações e 216 continham erros que desqualificaram as manifestações.

 

Fonte:
Anvisa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões

Últimas imagens

A Sexta-feira Sem Mosquito vai contar com colaboração de toda a sociedade, com mobilização nas escolas públicas
A Sexta-feira Sem Mosquito vai contar com colaboração de toda a sociedade, com mobilização nas escolas públicas
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Karina Zambrana/Ministério da Saúde
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital