Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 10 > SUS já pode fazer cirurgia para tratar efeito colateral de antirretrovirais em Pernambuco

Saúde

SUS já pode fazer cirurgia para tratar efeito colateral de antirretrovirais em Pernambuco

por Portal Brasil publicado: 10/10/2011 13h35 última modificação: 28/07/2014 12h50

A partir desta segunda-feira (10), duas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) em Recife (PE) passam a realizar cirurgias para tratar efeitos colaterais – como a lipodistrofia, caracterizada pela perda ou acúmulo de gordura no corpo e na face – de medicamentos antirretrovirais.

De acordo com o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, inicialmente, serão oferecidos 250 procedimentos por ano a pacientes soropositivos cadastrados em um dos 19 Serviços de Assistência Especializada (SAE).

O Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira deverá realizar cirurgias no corpo e na face, enquanto o Hospital Universitário Oswaldo Cruz fará procedimentos apenas na face. A expectativa é que o serviço seja ampliado para os municípios de Caruaru e Petrolina a partir de junho de 2012.

A perda ou o acúmulo de gordura são provocados por mudanças no metabolismo do paciente e podem ocasionar problemas estéticos e psicológicos, prejudicando a adesão ao uso de antirretrovirais. O objetivo do tratamento, segundo o ministério, é recuperar a autoestima do paciente.


Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia. Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia.  Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia

Últimas imagens

Glaucoma não tem cura, mas pode ser controlado com colírios ou cirurgia
Glaucoma não tem cura, mas pode ser controlado com colírios ou cirurgia
Divulgação/Governo do Espírito Santo
O laboratório público Bio-Manguinhos/Fiocruz produz cerca de 6 milhões de doses mensais da vacina
O laboratório público Bio-Manguinhos/Fiocruz produz cerca de 6 milhões de doses mensais da vacina
Divulgação/Ministério da Saúde
Percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente deve aumentar em no mínimo 17,8%
Percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente deve aumentar em no mínimo 17,8%
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Índice de reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato
Índice de reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato
Arquivo/Agência Brasil
Produtos da Cosmed também são fabricados pela Brainfarma, responsável pela linha de produção
Produtos da Cosmed também são fabricados pela Brainfarma, responsável pela linha de produção
Divulgação/Ministério da Saúde

Governo digital