Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Acre recebe R$ 21,9 milhões em repasses da Saúde

Saúde

Acre recebe R$ 21,9 milhões em repasses da Saúde

por Portal Brasil publicado: 04/11/2011 12h40 última modificação: 28/07/2014 12h49

Durante o mês de outubro, o estado do Acre recebeu R$ 21.946.278,25 para custear ações de saúde em seus 22 municípios, por meio do repasse fundo a fundo — do Fundo Nacional de Saúde para os fundos municipais e do estado. No último período, de 20 a 31 de outubro, o Ministério da Saúde repassou R$ 327,7 mil para as cidades de Rio Branco, Plácido de Castro e Cruzeiro do Sul. Os valores contemplam três blocos de financiamento: Investimento (R$ 170 mil), Assistência Farmacêutica (R$ 123,4 mil) e Média e Alta Complexidade (R$ 34,3 mil).

Para Rio Branco, foram transferidos R$ 157,7 mil, por intermédio do Fundo Estadual de Saúde. Do total, R$ 123,4 mil foram para o bloco da Assistência Farmacêutica. O financiamento contempla três componentes: Assistência Farmacêutica Básica, Assistência Farmacêutica Estratégica e o componente Especializado da Assistência Farmacêutica.

Para a Assistência Farmacêutica Básica são repassados recursos destinados à aquisição de medicamentos e insumos da atenção básica. O componente Especializado se refere aos casos mais complexos e de alto custo, como medicamentos para tratamento de Alzheimer, osteoporose, cardíacos crônicos, entre outros. Já o recurso da Assistência Farmacêutica Estratégia custeia ações como controle de endemias, antirretrovirais do Programa DST e Aids, sangue e Hemoderivados e imunobiológicos.

Ainda para capital, também foram repassados R$ 34,3 mil para o bloco MAC. Este bloco inclui o financiamento do programa Serviço Móvel de Urgência (Samu 192), transplantes, quimioterapia, hospitais de pequeno porte, centros de especialidades odontológicas e laboratórios de prótese dentária. Também integram esse bloco o Programa de Incentivo de Assistência à População Indígena e ações desenvolvidas pelo Centro de Referência do Trabalhador, entre outros.

Para Plácido de Castro o recurso foi de R$ 130 mil para o bloco Investimento. O repasse corresponde à segunda parcela do financiamento de uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Além da UBS, o repasse desse bloco também pode ser investido em Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Salas de Estabilização (UPA/SE), aquisição de equipamento e material permanente para o Programa de Atenção Básica de Saúde, Assistência Ambulatorial e Hospitalar Especializada e da Segurança transfusional e qualidade do sangue e hemoderivados.

Outro município beneficiado com o repasse do bloco de Investimento foi Cruzeiro do Sul, que recebeu R$ 40 mil, correspondente à segunda parcela da implementação de uma Unidade Básica de Saúde (UBS). 

A transferência fundo a fundo consiste no repasse de valores, regular e automático, diretamente do Fundo Nacional de Saúde (FNS) para os estados e municípios. 


Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Base integra informações dos sistemas de medicamentos dos estados e municípios
Consumo de medicamentos de cada estado e município, proximidade da data de vencimento e outras perguntas serão respondidas com a criação de uma base que integra as informações dos sistemas de estados e municípios ao sistema nacional
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Consumo de medicamentos de cada estado e município, proximidade da data de vencimento e outras perguntas serão respondidas com a criação de uma base que integra as informações dos sistemas de estados e municípios ao sistema nacional
Base integra informações dos sistemas de medicamentos dos estados e municípios

Últimas imagens

Soro
Divulgação/Prefeitura de Campo Verde (MT)
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital