Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Anvisa e OMS definem agenda conjunta em Genebra

Saúde

Anvisa e OMS definem agenda conjunta em Genebra

por Portal Brasil publicado: 24/11/2011 20h13 última modificação: 28/07/2014 12h49

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se reuniu, nesta quarta-feira (23), com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em Genebra, com o objetivo de discutir mecanismos que promovam o fortalecimento da capacidade das autoridades reguladoras na proteção da saúde em seus países. 

Durante a reunião, foram apresentadas as iniciativas de trabalhos conjuntos envolvendo a Anvisa e outras autoridades nacionais, especialmente as experiências da Organização Pan-americana de Saúde (Opas). A organização reconhece, além da Anvisa, as autoridades da Argentina, Colômbia e Cuba como de referência para a região das Américas.

A diretora geral da OMS, Margareth Chan, definiu que o próximo passo será a realização de um encontro, em maio de 2012, com o objetivo de discutir como as iniciativas de vários países podem ser articuladas. O encontro será organizado pela Missão do Brasil junto às Nações Unidas (ONU) e contará com a presença ministro da Saúde do Brasil, Alexandre Padilha.

Além da audiência com a OMS, a Anvisa irá se reunir com autoridades sanitárias de Portugal, a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed), e da França, Agence Française de Securité des Produits de la Santé (AFSSAPS).

Com o Infarmed foram definidas, entre outras coisas, ações estratégicas vinculadas ao memorando de entendimentos vigente, com o objetivo de fortalecer a confiança entre as autoridades em temas relacionados a medicamentos e dispositivos médicos.

O encontro com a AFSSAPS acontecerá nesta sexta-feira (25), quando será assinado um memorando de entendimentos estabelecendo as bases para a cooperação entre as agências brasileira e francesa.

 

Fonte:
Anvisa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Crianças dão um show de conhecimento sobre a luta contra o Aedes aegypti
Aedes aegypti é transmissor de doenças graves, como a dengue, a zika e a chikungunya
Hospital da Bahia oferece tratamento completo contra o câncer
Hospital das Obras da Irmã Dulce, em Salvador, implantou radioterapia
SUS oferece tratamento para parar de fumar
Parar de fumar é uma decisão fundamental para a saúde, mas abandonar a dependência pode ser bem difícil
Aedes aegypti é transmissor de doenças graves, como a dengue, a zika e a chikungunya
Crianças dão um show de conhecimento sobre a luta contra o Aedes aegypti
Hospital das Obras da Irmã Dulce, em Salvador, implantou radioterapia
Hospital da Bahia oferece tratamento completo contra o câncer
Parar de fumar é uma decisão fundamental para a saúde, mas abandonar a dependência pode ser bem difícil
SUS oferece tratamento para parar de fumar

Últimas imagens

Em cada estado, foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento
Em cada estado, foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento
Divulgação/Governo de Goiás
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Arquivo/USP Imagens
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Divulgação/Ministério da Saúde
O Soliqua é indicado para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico
O Soliqua é indicado para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico
Antonio Cruz/Agência Brasil
Ferramenta reduz custos, pois dá ao médico acesso ao histórico do paciente e evita exames ou consultas repetidas
Ferramenta reduz custos, pois dá ao médico acesso ao histórico do paciente e evita exames ou consultas repetidas
Foto: rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital