Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Anvisa presta esclarecimentos sobre casos de gastrenterite no navio Veendam

Saúde

Anvisa presta esclarecimentos sobre casos de gastrenterite no navio Veendam

por Portal Brasil publicado: 25/11/2011 19h43 última modificação: 28/07/2014 12h49

Com relação aos 86 casos gastrenterite a bordo do navio de cruzeiro Veendam, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) esclareceu que os primeiros casos de gastrenterite ocorreram no último dia 6, quando o navio estava em navegação pelo Chile, passando pela Argentina e Uruguai.

Na última terça-feira (22), dia em que a embarcação chegou ao Brasil, a equipe da Anvisa e do Centro de Informações Estratégicas e Respostas em Vigilância Saúde do Rio de Janeiro realizaram inspeção sanitária a bordo do navio e deram início a investigação  epidemiológica dos casos.

Durante a inspeção, a equipe do navio já havia adotado as seguintes medidas sanitárias para controle do surto: isolamento dos casos por 48h (inclusive acompanhantes e familiares que se encontravam na mesma cabine); limpeza e desinfecção do navio, adoção de protocolo específico do navio (Código Vermelho) com suspensão do serviço de auto-atendimento de alimentação (self-service) de passageiros e tripulantes; informes sonoros sobre a importância da constante higienização das mãos e disponibilização de higienizador para mãos em todos os pontos estratégicos de passagem de viajantes.

O navio só foi liberado do para prosseguir viagem após limpeza e desinfecção das áreas comuns de circulação, intensificação do controle de alimentos para consumo e intensificação no gerenciamento dos resíduos gerados a bordo.

Para dar continuidade a investigação epidemiológica dos casos, foram coletadas amostras clínicas e ambientais para análise laboratorial.

O navio Veendam seguiu em direção ao Uruguai, Argentina e Chile e retornará ao Brasil apenas em  fevereiro de 2011.

Todas as informações referentes à inspeção e investigação realizadas foram repassadas às autoridades sanitárias dos outros países, por meio do Centro de Informações Estratégicas e Respostas em Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

Fonte:
Anvisa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Crianças dão um show de conhecimento sobre a luta contra o Aedes aegypti
Aedes aegypti é transmissor de doenças graves, como a dengue, a zika e a chikungunya
Hospital da Bahia oferece tratamento completo contra o câncer
Hospital das Obras da Irmã Dulce, em Salvador, implantou radioterapia
SUS oferece tratamento para parar de fumar
Parar de fumar é uma decisão fundamental para a saúde, mas abandonar a dependência pode ser bem difícil
Aedes aegypti é transmissor de doenças graves, como a dengue, a zika e a chikungunya
Crianças dão um show de conhecimento sobre a luta contra o Aedes aegypti
Hospital das Obras da Irmã Dulce, em Salvador, implantou radioterapia
Hospital da Bahia oferece tratamento completo contra o câncer
Parar de fumar é uma decisão fundamental para a saúde, mas abandonar a dependência pode ser bem difícil
SUS oferece tratamento para parar de fumar

Últimas imagens

Acesso às reuniões poderá ser feito por computadores, celulares e tablets com câmera e microfone
Acesso às reuniões poderá ser feito por computadores, celulares e tablets com câmera e microfone
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Todos os dias, há 12 novas consultas de crianças e adolescentes com suspeita de doenças cardíacas no INC
Todos os dias, há 12 novas consultas de crianças e adolescentes com suspeita de doenças cardíacas no INC
Divulgação/INC
Em cada estado, foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento
Em cada estado, foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento
Divulgação/Governo de Goiás
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Arquivo/USP Imagens
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Divulgação/Ministério da Saúde

Governo digital