Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Laboratório vai repassar tecnologia da produção de remédio antiaids à Fiocruz

Saúde

Laboratório vai repassar tecnologia da produção de remédio antiaids à Fiocruz

por Portal Brasil publicado: 11/11/2011 18h49 última modificação: 28/07/2014 12h49

O Brasil começará a produzir, dentro de cinco anos, o medicamento Atazanavir, utilizado no coquetel antiaids. Os pesquisadores do Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), irão aprender a tecnologia para a produção do remédio com pesquisadores do laboratório americano Bristol-Myers Squibb, detentor da patente. O acordo para a transferência de tecnologia foi assinado nesta sexta-feira (11), na sede da Fiocruz.

O diretor do Farmanguinhos, Hayne Felipe, explicou que o laboratório americano tem o domínio da patente do Atazanavir até 2017, quando também termina o acordo com a Fiocruz. Nestes cinco anos, o laboratório Bristol concederá uma licença para que Farmanguinhos produza o remédio com identidade própria. “No final da parceria, estaremos aptos a começar a produzir o medicamento, pois temos capacidade instalada para absorver a produção desse remédio que é usado por cerca de 43 mil pacientes no Brasil”, disse o diretor.

A parceria faz parte da Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP) do governo federal, para o fortalecimento da indústria farmoquímica nacional. “Além de contribuir para melhorar a assistência aos pacientes brasileiros, essa iniciativa busca dotar o Brasil de uma indústria farmoquímica mais forte, de uma maior soberania na produção dos antirretrovirais”, acrescentou Felipe.

Atualmente, Farmanguinhos, que é a unidade técnico-científica da Fiocruz, produz cinco medicamentos antirretrovirais para o tratamento da Aids. Segundo dados do Ministério da Saúde, de 1980 a junho de 2010, havia 592.914 casos da doença registrados no País.


Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital