Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Municípios que aperfeiçoarem medidas de prevenção contra dengue terão mais recursos

Saúde

Municípios que aperfeiçoarem medidas de prevenção contra dengue terão mais recursos

por Portal Brasil publicado: 01/11/2011 12h43 última modificação: 28/07/2014 12h49

O governo federal vai ampliar em 20% os recursos destinados aos municípios que se comprometerem com o aperfeiçoamento das medidas de prevenção e controle da dengue, informou a presidenta Dilma Rousseff na coluna Conversa com a Presidenta, publicada nesta terça-feira (1º) em 198 jornais no Brasil e no exterior.

A presidenta afirmou à aposentada Carine Bastos de Andrade, moradora de Maringá (PR), que o número de casos da doença caiu 40% em 2011 em relação ao ano passado. “Em seu estado, o Paraná, 72 municípios receberão esse apoio financeiro. A população deve contribuir, monitorando suas casas e locais de trabalho, para evitar o acúmulo de água parada em locais propícios à reprodução do mosquito, como vasos, latas, garrafas, baldes e caixas d’água destampadas, por exemplo. Por isso, Carine, é muito importante que as pessoas estejam atentas como você”, disse Dilma Rousseff.

Na coluna semanal, Dilma também defendeu a campanha do desarmamento, que já retirou de circulação 570 mil armas desde 2004, e explicou a criação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Segundo ela, a valorização do ensino técnico profissionalizante é fundamental para que sejam abertas oportunidades para os jovens e trabalhadores brasileiros.

Leia aqui a coluna semanal Conversa com a Presidenta.

 

Fonte:
Blog do Planalto

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Parcerias podem oferecer remédios mais baratos a toda população
A parceria entre instituições públicas e privadas para a produção de medicamentos garante que o SUS tenha uma atuação mais ampla na prevenção e no combate a doenças, como febre amarela, HIV e leucemia
Informatização de todas as unidades básicas é uma das principais metas do Ministério da Saúde
Atualmente, dos quase 43 mil postos espalhados pelo País, cerca de 16 mil já estão conectados à plataforma DigiSUS
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
A parceria entre instituições públicas e privadas para a produção de medicamentos garante que o SUS tenha uma atuação mais ampla na prevenção e no combate a doenças, como febre amarela, HIV e leucemia
Parcerias podem oferecer remédios mais baratos a toda população
Atualmente, dos quase 43 mil postos espalhados pelo País, cerca de 16 mil já estão conectados à plataforma DigiSUS
Informatização de todas as unidades básicas é uma das principais metas do Ministério da Saúde
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes

Últimas imagens

Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Arquivo/Agência Brasil
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital