Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Mutirão em Brasília alertou aos riscos do câncer de pele

Saúde

Mutirão em Brasília alertou aos riscos do câncer de pele

por Portal Brasil publicado: 28/11/2011 11h15 última modificação: 28/07/2014 12h49

A Sociedade Brasileira de Dermatologia e a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (DF) realizaram, no último sábado (26), véspera do Dia Nacional de Combate ao Câncer, um mutirão com o objetivo de analisar e retirar lesões que pudessem indicar o câncer de pele. Durante a ação, realizada no Hospital Regional de Taguatinga, cidade a 30 quilômetros do centro de Brasília, foram feitas pequenas cirurgias. Além disso, os médicos alertaram sobre as precauções para evitar a doença.

O câncer de pele atinge, principalmente, pessoas com pele e olhos claros, que se expõem com frequência ao sol, pessoas com grande número de sardas e sinais, além de fumantes e que têm casos de câncer pele na família. Alguns dos sinais são manchas que não cicatrizam, coçam, ardem, sangram e descamam. Sinais e pintas antigas que se modificam com o tempo também podem ser indicativo da doença.

O aposentado Manoel Brasilino, de 76 anos, percebeu o aparecimento de dois pequenos caroços no peito e quando começaram coçar procurou um médico. Com a recomendação de retirá-los e dificuldades para conseguir o atendimento de um dermatologista, ele viu no mutirão uma oportunidade. “Coçava e eu estava muito preocupado, agora vou resolver”, disse enquanto aguardava na fila de atendimento no Hospital Regional de Taguatinga.

Após ter uma pinta retirada, a fotógrafa Mel Alencar, de 37 anos, comentou que as campanhas de prevenção e combate ao câncer de pele têm a vantagem de “esclarecer as pessoas” e fazer com que elas procurem tratamento.

Para evitar o câncer de pele, a coordenadora de Dermatologia da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, Vanessa Lima, recomenda o uso diário do protetor solar. Além disso, ela afirma que é importante evitar a exposição excessiva ao sol. “É preciso não exagerar com o sol, evitar queimaduras na pele já que o câncer de pele está relacionado com o número de vezes que você se queima na vida. E usar sempre o protetor solar”, explica. O horário de maior risco de exposição ao sol é das 10h às 16h.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital