Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Paraíba recebe mais uma Unidade de Pronto Atendimento

Saúde

Paraíba recebe mais uma Unidade de Pronto Atendimento

por Portal Brasil publicado: 28/11/2011 19h18 última modificação: 28/07/2014 12h49

Os representantes do Ministério da Saúde participaram neste sábado (26), em Guarabira (PB), da inauguração de mais uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas) no estado. A nova unidade amplia a assistência à população do município e reforça a rede de urgência e emergência na região, diminuindo a demanda do Hospital Regional de Guarabira. Para o início do funcionamento da UPA, o Ministério da Saúde garantirá o repasse de R$ 100 mil por mês, valor que poderá dobrar após a qualificação do atendimento.

“As UPAs fazem parte de uma política importante, que traz a organização do atendimento a partir da classificação do risco para a saúde do paciente. É uma evolução na assistência em urgência e emergência no Brasil”, destacou Mozart Sales, chefe de gabinete do ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Segundo adiantou, a meta para a Paraíba é universalizar, até fevereiro, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) em todo o estado.

O Samu e as UPAs compõem a Rede de Atenção às Urgências do Sistema Único de Saúde (SUS), também conhecida como Saúde Toda Hora. “O Ministério da Saúde vai fortalecer a parceria com as secretarias estadual e municipais de saúde para melhorar o atendimento aos cidadãos desta região e de toda a Paraíba”, completou Mozart Sales, acompanhado do diretor do Departamento de Apoio à Gestão Estratégica e Participativa do ministério, André Luiz Bonifácio.


Novos Leitos

De acordo com o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, a UPA de Guarabira contribuirá significativamente para a qualificação do atendimento no Hospital Regional do município, que, também neste sábado (26), recebeu 35 novos leitos. “Esta UPA e o acréscimo na quantidade de leitos do hospital vão produzir um reflexo extremamente positivo para a população de Guarabira e região ao preencherem uma lacuna que havia na assistência à saúde destas pessoas”, disse o governador.

 

Fonte:
Ministério da Saúde 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões

Últimas imagens

Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Karina Zambrana/Ministério da Saúde
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Governo digital