Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Saúde convoca 230 médicos aprovados em concurso para hospitais do Rio

Saúde

Saúde convoca 230 médicos aprovados em concurso para hospitais do Rio

por Portal Brasil publicado: 09/11/2011 19h25 última modificação: 28/07/2014 12h49

O Ministério da Saúde está convocando 230 médicos aprovados em concurso público para reforçar o quadro de funcionários dos seis hospitais federais no Rio de Janeiro. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (9) pelo ministro Alexandre Padilha, durante visita ao Hospital Municipal Miguel Couto, na zona sul da cidade. A unidade é a primeira a ser contemplada pelo programa SOS Emergências, lançado pelo governo federal para qualificar o setor de emergência com a regulação de leitos.

Padilha destacou que, além disso, somente para o Hospital Federal Cardoso Fontes, em Jacarepaguá, na zona oeste, foram chamados 17 anestesistas. Oito deles já se apresentaram à unidade, cujos funcionários fizeram na última terça-feira (8) uma paralisação em alguns setores para protestar contra a falta de profissionais.

“Estamos convocando esses profissionais para ampliar o serviço de atendimento nessas unidades. Eles serão distribuídos exatamente onde são mais necessários, onde as reformas estruturais que nós fizemos já estão prontas”, disse Padilha.

Para a diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência Social do Rio (Sindisprev/RJ) Célia Souza, o anúncio da convocação é fruto da mobilização dos servidores, que vêm pressionando o governo pela ampliação do quadro de funcionários. Ela considerou, no entanto, que o número de médicos é insuficiente para suprir o déficit das unidades.

Segundo Célia Souza, somente no Cardoso Fontes, onde 5 mil pessoas aguardam na fila por cirurgias de diversas especialidades, seriam necessários cerca de mais 90 médicos para prestar um atendimento “minimamente razoável”.

“Essa contratação emergencial vai ajudar a reduzir a fila por cirurgias, mas não resolve o problema porque também sofremos com falta de outros profissionais, como enfermeiros. Temos um quadro grave de envelhecimento dos funcionários, que não são repostos no ritmo necessário”, assinalou ela.

Ainda durante a visita, Padilha ressaltou que desde o começo do ano o governo tem investido na reestruturação dos hospitais federais no Rio. “Estamos investindo R$ 400 milhões em obras nessas unidades, promovemos auditoria em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU) para avaliar os procedimentos e centralizamos a compra dos medicamentos e insumos para garantir o menor preço.”


Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Prefeituras podem contratar médicos direto com a Opas
Com decisão do Ministério da Saúde, médicos cubanos do Mais Médicos serão contratados em convênio direto com Organização
OPAS reconhece extinção de rubéola e sarampo do Brasil
Organização concedeu ao País certificação internacional pela erradicação das doenças
Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Com decisão do Ministério da Saúde, médicos cubanos do Mais Médicos serão contratados em convênio direto com Organização
Prefeituras podem contratar médicos direto com a Opas
Organização concedeu ao País certificação internacional pela erradicação das doenças
OPAS reconhece extinção de rubéola e sarampo do Brasil
Ministério da Saúde repassará valor para municípios que aderirem à nova etapa do programa Saúde na Escola
Ações de saúde em escolas municipais recebem R$ 89 milhões

Últimas imagens

Empresa deve comprovar a qualidade, a segurança e a eficácia do produto a ser registrado
Empresa deve comprovar a qualidade, a segurança e a eficácia do produto a ser registrado
Marcos Santos/USP Imagens
Licenciamento de salões de beleza, por exemplo, dispensam requerimentos prévios
Licenciamento de salões de beleza, por exemplo, dispensam requerimentos prévios
Ronaldo Lima/Prefeitura de Diadema (SP)
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Publicidade instiga população a buscar diagnóstico nas unidades de saúde e completar tratamento
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Fabricantes de vacina não precisarão mais aguardar e já saberão recomendações da OMS para cada ano
Arquivo/EBC
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Empresa deve retirar todos os seus produtos do mercado
Arquivo/EBC

Governo digital