Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Saúde convoca 230 médicos aprovados em concurso para hospitais do Rio

Saúde

Saúde convoca 230 médicos aprovados em concurso para hospitais do Rio

por Portal Brasil publicado: 09/11/2011 19h25 última modificação: 28/07/2014 12h49

O Ministério da Saúde está convocando 230 médicos aprovados em concurso público para reforçar o quadro de funcionários dos seis hospitais federais no Rio de Janeiro. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (9) pelo ministro Alexandre Padilha, durante visita ao Hospital Municipal Miguel Couto, na zona sul da cidade. A unidade é a primeira a ser contemplada pelo programa SOS Emergências, lançado pelo governo federal para qualificar o setor de emergência com a regulação de leitos.

Padilha destacou que, além disso, somente para o Hospital Federal Cardoso Fontes, em Jacarepaguá, na zona oeste, foram chamados 17 anestesistas. Oito deles já se apresentaram à unidade, cujos funcionários fizeram na última terça-feira (8) uma paralisação em alguns setores para protestar contra a falta de profissionais.

“Estamos convocando esses profissionais para ampliar o serviço de atendimento nessas unidades. Eles serão distribuídos exatamente onde são mais necessários, onde as reformas estruturais que nós fizemos já estão prontas”, disse Padilha.

Para a diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência Social do Rio (Sindisprev/RJ) Célia Souza, o anúncio da convocação é fruto da mobilização dos servidores, que vêm pressionando o governo pela ampliação do quadro de funcionários. Ela considerou, no entanto, que o número de médicos é insuficiente para suprir o déficit das unidades.

Segundo Célia Souza, somente no Cardoso Fontes, onde 5 mil pessoas aguardam na fila por cirurgias de diversas especialidades, seriam necessários cerca de mais 90 médicos para prestar um atendimento “minimamente razoável”.

“Essa contratação emergencial vai ajudar a reduzir a fila por cirurgias, mas não resolve o problema porque também sofremos com falta de outros profissionais, como enfermeiros. Temos um quadro grave de envelhecimento dos funcionários, que não são repostos no ritmo necessário”, assinalou ela.

Ainda durante a visita, Padilha ressaltou que desde o começo do ano o governo tem investido na reestruturação dos hospitais federais no Rio. “Estamos investindo R$ 400 milhões em obras nessas unidades, promovemos auditoria em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU) para avaliar os procedimentos e centralizamos a compra dos medicamentos e insumos para garantir o menor preço.”


Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Outubro Rosa conta com ações de conscientização na Rodoviária do Plano Piloto em Brasília. O objetivo é alertar as mulheres da importância do diagnóstico precoce
Outubro Rosa conta com ações de conscientização em todo o país
Expectativa é que o remédio, considerado mais seguro e de ação rápida, esteja disponível já em 2018
Insulina análoga será ofertada no tratamento de crianças com diabetes
Os recursos são destinados para custeio e melhoria do atendimento do Samu em municípios de todas as regiões
Samu recebe reforço federal de R$ 33 milhões

Últimas imagens

Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Estabelecimentos que adaptarem os serviços podem receber adicional de até R$ 2,4 milhões por ano
Foto: Karina Zambrana/Ministério da Saúde
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
A cada ano, as vacinas influenza sazonais são modificadas para proteção contra estirpes virais em circulação
Arquivo/Ministério da Saúde
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Com a globalização, vírus do sarampo e rubéola, endêmicos na Europa, podem voltar a circular no Brasil
Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Governo digital