Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Sergipe receberá R$ 60 mi para investir em programa de assistência à gestantes

Saúde

Sergipe receberá R$ 60 mi para investir em programa de assistência à gestantes

por Portal Brasil publicado: 25/11/2011 16h44 última modificação: 28/07/2014 12h49

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, inaugurou um novo hospital no interior de Sergipe nesta quinta-feira (24). Com mais de 100 leitos e atendimento de emergência, o Hospital Regional de Estância vai atender a região sul do estado. O ministro também anunciou recursos adicionais de R$ 60 milhões para a estruturação da Rede Cegonha e do Saúde Toda Hora na região. Os programas foram lançados neste ano pelo Ministério da Saúde e preveem ações para a melhoria da assistência às gestantes e expansão do atendimento de urgência e emergência.

“Inauguramos serviços importantes e que fazem parte da Rede Cegonha. Esta é uma prioridade do Ministério da Saúde que visa oferecer um atendimento mais humanizado às gestantes, para que, nesse momento tão importante, elas se sintam mais seguras”, destacou Padilha.

O ministro da Saúde inaugurou também a unidade pediátrica do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) e dois novos serviços do Hospital e Maternidade Santa Isabel, a Casa da Gestante e o Centro de Parto Normal. Esta é a primeira unidade do estado a aderir à Rede Cegonha.

A unidade pediátrica contará com 65 vagas no pronto-socorro e 50 leitos de internação e ajudará a ampliar a assistência às crianças. Atualmente, cerca de 150 meninos e meninas são atendidos por dia no hospital.

Este ano, os recursos destinados pelo Ministério da Saúde para os 45 hospitais universitários federais do País será de cerca de R$ 500 milhões.


Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Base integra informações dos sistemas de medicamentos dos estados e municípios
Consumo de medicamentos de cada estado e município, proximidade da data de vencimento e outras perguntas serão respondidas com a criação de uma base que integra as informações dos sistemas de estados e municípios ao sistema nacional
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Consumo de medicamentos de cada estado e município, proximidade da data de vencimento e outras perguntas serão respondidas com a criação de uma base que integra as informações dos sistemas de estados e municípios ao sistema nacional
Base integra informações dos sistemas de medicamentos dos estados e municípios

Últimas imagens

Soro
Divulgação/Prefeitura de Campo Verde (MT)
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital