Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 11 > Unasul analisa implantação de plano de ação para combate às drogas

Saúde

Unasul analisa implantação de plano de ação para combate às drogas

por Portal Brasil publicado: 17/11/2011 14h30 última modificação: 28/07/2014 12h49

O Conselho de Drogas da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) reúne-se nesta quinta (17) e sexta-feira (18) para analisar a execução na região do Plano de Ação de Narcóticos, cujo objetivo é intensificar o controle e o combate ao narcotráfico, assim como implementar medidas de apoio aos usuários. As discussões serão realizadas em La Paz, na Bolívia.

O vice-ministro da Defesa Social e Substâncias Controladas da Bolívia, Felipe Cáceres, disse que a ideia é analisar o problema causado pelas drogas em toda a região. Segundo ele, os temas referentes ao assunto incluem a lavagem de dinheiro, a redução da oferta e da procura e medidas de controle e de desenvolvimento alternativo sustentável.

O representante do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc), Cesar Guedes, acrescentou que a produção de drogas nas Américas preocupa a entidade. Segundo ele, entre os países apontados como produtores de cocaína, a Colômbia ocupa o primeiro lugar, com 40% da produção da região.

De acordo com Guedes, o mesmo percentual é identificado no Peru, com a diferença que o mercado colombiano de drogas atinge mais países do que o peruano. Em seguida, vem a Bolívia, responsável por 20% de produção de cocaína na América do Sul.


Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Neste ano o Ministério da Saúde pretende ampliar esses serviços a partir de mudanças que estão sendo formuladas
Mais de 196 milhões de consultas foram realizadas nas unidades básicas de saúde em 2016
Ministro da Saúde apresenta balanço da economia feita desde que assumiu a pasta
Prontuário eletrônico dos pacientes do SUS deve ser implantado em todo país até final de 2018
Atualmente, cerca de 10 milhões de pessoas são beneficiadas por mês com a iniciativa
Farmácia Popular vai receber mais R$ 80 milhões por ano para a compra de medicamento

Últimas imagens

Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Para essa faixa etária orientação é esquema com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses
Foto: Rodrigo Nunes/MS
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Medida foi possível após realocação dos R$ 100 milhões destinados à Rede Própria do Farmácia Popular
Arquivo/Ministério da Saúde
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Homens têm mais diabetes, colesterol elevado, obesidade e pressão alta
Olival Santos/Governo de Alagoas
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Programa ainda conscientiza os pais sobre a importância da participação no acompanhamento da gravidez
Divulgação/Prefeitura de Itanhaém (SP)

Governo digital