Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 12 > Cenipa fará campanhas para inibir uso de laser contra pilotos de aviões

Saúde

Cenipa fará campanhas para inibir uso de laser contra pilotos de aviões

por Portal Brasil publicado: 28/12/2011 10h36 última modificação: 28/07/2014 12h48

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) desencadeará campanhas educativas e ações conjuntas para tentar inibir o aumento de casos de utilização de canetas laser verdes na direção de aeronaves que, por vezes, atingem os olhos dos pilotos causando a limitação de visão. Segundo o Cenipa, nos últimos três anos tem crescido as reclamações de pilotos atingidos por raio laser. Em 2011, o órgão registrou 250 casos, um aumento de quase quatro vezes se comparado aos números de 2010.

O Cenipa reconheceu, por meio da assessoria de imprensa, que dificilmente será possível detectar a autoria dessas iniciativas. Segundo o órgão, o objetivo é sensibilizar e buscar o apoio da população de cidades onde é maior o número de ocorrências. Para tanto, o Cenipa disponibilizará em sua página oficial na internet um formulário padrão para quem identificar os aeródromos onde a prática é mais frequente.

De posse dos dados, o centro pretende apresentar campanhas e ações conjuntas entre os órgãos da administração aeroportuária e as autoridades locais. Segundo a Aeronáutica, a utilização dessas canetas por adolescentes têm se espalhado pelo País. De acordo com o Cenipa, até novembro deste ano, foram relatados 38 casos em Londrina (PR), 36 no Rio de Janeiro (Galeão), 21 em Vitória (ES), 13 em Campinas (SP), 11 em João Pessoa (PB), nove em Navegantes (SC) e nove em Fortaleza (CE).

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná

Governo digital