Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 12 > DF receberá R$ 46 milhões para combater o crack em 2012

Saúde

DF receberá R$ 46 milhões para combater o crack em 2012

por Portal Brasil publicado: 14/12/2011 12h14 última modificação: 28/07/2014 12h48

O Distrito Federal (DF) vai receber, em 2012, cerca de R$ 46 milhões para ações do Plano de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas. O dinheiro será investido na instalação de 12 centros de Atendimento Psicológico (CAPs), em programas educativos, aumento do número de leitos em comunidades terapêuticas e na capacitação de profissional. As informações foram dadas nesta quarta-feira (14), pelo o secretário adjunto de Justiça do Distrito Federal, Jefferson Ribeiro.

Em reunião no Palácio do Buriti, o comitê de combate ao crack apresentou o relatório das ações, depois de três meses do plano ter entrado em vigor. Este ano, seis centros de atendimento psicológico álcool e drogas funcionaram no atendimento aos dependentes químicos. No CAP da Rodoviária do Plano Piloto, foram atendidos 1.528 pessoas. No DF, existem mais de 2.000 usuários de crack. O Plano Piloto, em Brasília, e as cidades de Ceilândia e Taguatinga são as regiões mais críticas, segundo Ribeiro.

De acordo com ele, a Secretaria de Justiça pretende, no ano que vem, intensificar uma campanha educativa que prevê a distribuição de cartilhas para cerca de 100 mil jovens e seus pais, explicando os danos causados pelas drogas, principalmente o crack. “É preciso envolver a família no trabalho de conscientização do crack”, declarou. A mobilização para a campanha de enfrentamento será feita principalmente nas redes sociais, nas escolas e em locais da cidade frequentados pelos jovens.

Para o secretário adjunto de Governo, Gustavo Ponce de Leon, o combate às drogas requer uma percepção ampla sobre o problema e tem que envolver principalmente a sociedade. “O combate às drogas precisa ser entendido como problema social, educacional, de direitos humanos e cidadania, e o envolvimento da sociedade é fundamental”, disse.


Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Público-alvo da nova campanha de vacinação, que segue até 22 de setembro, compreende 47 milhões de crianças e adolescentes de até 15 anos
Campanha vai imunizar 47 milhões de crianças e adolescentes
O Ministério da Saúde liberou R$ 520 milhões para  a compra de 6,5 mil ambulâncias que vão ser distribuídas para   municípios de todo o País. Iniciativa vai reduzir a burocracia e facilitar o acesso dos municípios aos veículos
Ministério da Saúde vai destinar R$ 520 milhões para a compra de ambulâncias
É o único hospital público a realizar transplantes cardíacos em adultos e crianças no estado do Rio de Janeiro
Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças

Últimas imagens

Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Nos locais onde há Centros de Apoio Psicossocial (CAPS), iniciativa do SUS, risco de suicídio reduz em até 14%
Arquivo/Agência Brasil
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Recursos permitem custeio de procedimentos de atenção básica e de Média e Alta Complexidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Levetiracetam também será incorporado para tratar de pacientes com epilepsia mioclônica juvenil
Arquivo/Ministério da Saúde

Governo digital