Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 12 > Diferenças regionais são vistas como maior desafio para a Copa na área da saúde

Saúde

Diferenças regionais são vistas como maior desafio para a Copa na área da saúde

por Portal Brasil publicado: 14/12/2011 14h34 última modificação: 28/07/2014 12h48

As diferenças regionais e a integração entre os diversos órgãos ligados à saúde foram apontados como os principais desafios da área na preparação para a Copa do Mundo da Fifa 2014 durante a quinta reunião da Câmara Temática de Saúde, realizada na segunda-feira (12), na sede da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), em Brasília.

"Temos um País de dimensão continental e com cidades-sede nas cinco regiões. São realidades diferentes e algumas cidades têm um conhecimento maior de grandes eventos e uma rede mais estruturada, outras precisam de mais investimentos", explica Adriano Massuda, diretor de Programas do Ministério da Saúde e coordenador geral da Câmara Temática de Saúde.

Segundo o diretor, o mundial será uma oportunidade para que o ministério antecipe investimentos na rede de atenção à saúde que já são necessários. "Estamos fazendo um estudo das necessidades de cada região e aliaremos isso às demandas da Copa. Nenhum investimento será feito exclusivamente para o evento, mas haverá atenção especial para os recursos que servirão aos dois propósitos", explicou.

Dentro do planejamento para a preparação da Copa do Mundo, os técnicos do ministério estão visitando as cidades-sede para mapear as situações e necessidades. Até o inicio de 2012, segundo Adriano Massuda, deve ser definida uma matriz de responsabilidade com o detalhamento das obrigações da União, estados e municípios. "O Sistema Único de Saúde já funciona de forma descentralizada, com os municípios responsáveis por executar as políticas, os estados pela regionalização e a União por financiar e definir as diretrizes" explica.

 

Fonte:
Ministério do Esporte

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Substância misoprostol faz parte da lista de substâncias sujeitas a controle especial da Anvisa
Divulgação/Ministério da Saúde
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Devido ao surto de febre amarela em alguns estados brasileiros, registro de vacinação contra a febre amarela passou a ser exigido dos viajantes
Arquivo/Anvisa
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Os alimentos da marca são comercializados pela internet por fabricante desconhecido
Divulgação/Governo do Paraná

Governo digital