Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 12 > Mapa da dengue indica 48 cidades que podem sofrer surto de dengue

Saúde

Mapa da dengue indica 48 cidades que podem sofrer surto de dengue

por Portal Brasil publicado: 05/12/2011 16h36 última modificação: 28/07/2014 12h48

Os resultados mais recentes do Mapa da Dengue no País — que permite identificar onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor, o Aedes aegypti —, divulgados nesta segunda-feira (5), mostram que, de um total de 561 municípios pesquisados, 48 estão em situação de risco para ocorrência de surto de dengue , enquanto  236 estão  em alerta e outros 277, com índice satisfatório. Nessas 48 cidades, mais de 3,9% dos imóveis pesquisados apresentaram larvas do mosquito.

Mesmo assim, o ministro reforçou que os dados do levantamento não significam que a situação não possa ser revertida. “Um determinado município, que apresenta situação de risco, poderá mudar este cenário com a intensificação das medidas nas áreas de maior risco”, afirmou Alexandre Padilha, ao apresentar os dados do levantamento. Segundo ele, o estudo é uma espécie de fotografia que permite ao órgão conhecer a situação da dengue em todo o País. “As cidades que estão em situação de alerta, não podem baixar a guarda: ao contrário, devem intensificar suas ações. Já os municípios em situação de baixo risco podem migrar para uma grande epidemia”, alertou.

O mapa também revelou que 4,6 milhões de pessoas vivem em áreas de risco para epidemia de dengue. “Além do sistema de vigilância convencional, contamos, a partir de agora, com o Observatório da Dengue, mais uma ferramenta que irá nos ajudar no monitoramento da doença por meio das redes sociais”, ressaltou o ministro.

Os municípios em situação de risco, incluindo três capitais - Rio Branco (AC), Porto Velho (RO), Cuiabá (MT) -  estão localizados em 16 estados brasileiros: quatro na região Norte; sete no Nordeste ; três no Sudeste; um no Centro-Oeste e um na região Sul. Confira o Mapa da Dengue na íntegra.


Fonte:
Ministério da Saúde

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Mutirão já realizou mais de 33 mil cirurgias no país
O Ministério da Saúde está trabalhando para diminuir a espera por cirurgias eletivas, aquelas que não são emergências
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
O Ministério da Saúde está trabalhando para diminuir a espera por cirurgias eletivas, aquelas que não são emergências
Mutirão já realizou mais de 33 mil cirurgias no país
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País

Últimas imagens

Soro
Divulgação/Prefeitura de Campo Verde (MT)
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital