Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2011 > 12 > Oficina reúne apoiadores da Rede Cegonha

Saúde

Oficina reúne apoiadores da Rede Cegonha

por Portal Brasil publicado: 07/12/2011 15h32 última modificação: 28/07/2014 12h48

A estratégia Rede Cegonha, voltada à qualificação e humanização da assistência à mulher e ao bebê no Sistema Único de Saúde (SUS), conta com o trabalho de apoiadores institucionais para a estruturação desta rede de assistência nos estados e municípios. A partir desta quarta-feira (7) até a próxima sexta (9), a equipe de apoiadores estará reunida, em Brasília, para a primeira oficina de discussão e organização do trabalho destes profissionais de saúde no contexto da Rede Cegonha. O trabalho será feito em todos os estados que contribuírem com a qualificação da assistência obstétrica e neonatal no SUS.

A oficina possibilitará o compartilhamento, a atualização e o debate de estratégias para a consolidação da Rede Cegonha. A expectativa é que o encontro também fortaleça o afinamento entre os apoiadores e as Coordenações de Saúde da Mulher nos estados. “Esta será a primeira oportunidade para esclarecimento e pactuação das ações de apoio institucional à rede, em âmbito nacional, possibilitando a articulação das pessoas que têm a missão direta de implementar as ações de saúde”, explica o coordenador da Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde, Gustavo Nunes de Oliveira.

Alguns apoiadores institucionais da Rede Cegonha já estão atuando nas maternidades do SUS, como é o caso daqueles que trabalham em unidades localizadas na Amazônia Legal e no Nordeste. Para a escolha dos apoiadores foram utilizados critérios como o conhecimento da estrutura de assistência e gestão do SUS e das redes de atenção, além do conhecimento sobre o funcionamento de uma maternidade, a humanização do parto e nascimento, os direitos sexuais e reprodutivos (que materializam as diretrizes da Rede Cegonha) e as melhores evidências científicas de Atenção ao Parto e Nascimento Seguros e Humanizados, preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Durante a oficina está prevista a discussão e validação do Guia de Apoio Institucional da Rede Cegonha, que está sendo elaborado com base no trabalho dos apoiadores.

Qualificação

O Ministério da Saúde vem investindo na qualificação de 26 maternidades da Amazônia Legal e do Nordeste a partir da implementação de ações voltadas à melhoria da atenção à saúde e da gestão. Entre as medidas, destacam-se a garantia do direito ao acompanhante, a ambiência e o acolhimento com classificação de risco e em rede. O objetivo é que a Rede Cegonha amplie estas diretrizes para todo o País, para que sejam plenamente assegurados os direitos da gestante, do bebê e da família.

A estratégia Rede Cegonha, lançada em março deste ano, é uma rede de cuidados que visa garantir à mulher o direito ao planejamento reprodutivo e à atenção humanizada durante a gravidez e o parto. A rede também é voltada a assegurar, à criança, o direito ao nascimento seguro e ao desenvolvimento saudável.
 

Fonte:
Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Entre as medidas estão a redução do consumo de sucos artificiais e refrigerantes em, pelo menos, 30% e incentivar o consumo frutas e hortaliças regularmente
Governo assume metas para conter crescimento da obesidade no País
Parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação visa incentivar vacinação nas escolas. Material informativo sobre HPV e Meningite C será distribuído nas unidades escolares
Cooperação incentivará vacinação nas escolas
Acordo entre Ministério da Saúde e o centro permitirá que a organização faça atendimentos gratuitos por meio de um número único para todo o País
Ligações para Centro de Valorização da Vida serão gratuitas em todo o País

Últimas imagens

 Em 2016, mais de 2 milhões de atendimentos das PICs foram realizados em Unidades Básicas de Saúde
Em 2016, mais de 2 milhões de atendimentos das PICs foram realizados em Unidades Básicas de Saúde
Divulgação/Governo do Rio Grande do Sul
A interdição é resultado da comunicação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
A interdição é resultado da comunicação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Foto: Gilson Abreu/Fiep
Anvisa determinou que a empresa Newage Indústria de Bebidas Ltda recolha o estoque
Anvisa determinou que a empresa Newage Indústria de Bebidas Ltda recolha o estoque
Carla Cleto/Governo de Alagoas
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Substâncias anabolizantes, abortivas ou que causam má-formação fetal também são enquadradas na lista
Divulgação/EBC
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Brasil atingiu Metas dos Objetivos do Milênio de combate à tuberculose com três anos de antecedência
Divulgação/Ministério da Saúde

Governo digital