Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 01 > Adultos devem atualizar caderneta de vacinação, diz Ministério da Saúde

Saúde

Adultos devem atualizar caderneta de vacinação, diz Ministério da Saúde

por Portal Brasil publicado: 02/01/2012 12h08 última modificação: 29/07/2014 09h10

Além de manter em dia as vacinas das crianças, os adultos também devem ficar atentos para a atualização da própria caderneta de imunização. É preciso se proteger contra a hepatite B, a difteria, o tétano, a febre amarela, o sarampo, a caxumba e a rubéola.

De acordo com o Ministério da Saúde, a partir dos 20 anos quatro vacinas devem ser tomadas. A tríplice viral protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola, por meio de dose única. A vacina dupla adulto protege contra a difteria e o tétano, sendo necessária uma dose a cada dez anos. A vacina contra a febre amarela também deve ser aplicada uma vez a cada dez anos.

Já a vacina contra a hepatite B, a partir de 2012, terá a faixa etária limite ampliada de 24 anos para 29 anos. A imunização só é eficaz quando as três doses são administradas - com intervalos de um mês após a primeira dose e de seis meses após a segunda dose.

Além da vacinação de rotina, a população adulta também deve ficar atenta para as campanhas nacionais, que acontecem no País desde 1980. Em 2011, foram realizadas três campanhas: contra a influenza ou gripe sazonal, contra a poliomielite e contra o sarampo.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Governo lança campanha de combate a Aids no Carnaval
Governo lança campanha de combate a Aids no Carnaval foi lançada em Salvador/BA. Neste ano serão distribuídos 100 milhões de preservativos
Embrapa faz parceria com outros países no combate à Aids
Trabalho conjunto usa soja geneticamente modificada para produzir uma proteína que dificulta o desenvolvimento do vírus
Ministério da Saúde destina novos equipamentos de radioterapia para tratamento do câncer
Pesquisa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) aponta mais de 600 mil novos casos da doença em 2018. Para auxiliar no tratamento, governo anunciou nesta sexta-feira (2) a entrega de novos equipamentos de radioterapia para hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS)
Governo lança campanha de combate a Aids no Carnaval foi lançada em Salvador/BA. Neste ano serão distribuídos 100 milhões de preservativos
Governo lança campanha de combate a Aids no Carnaval
Trabalho conjunto usa soja geneticamente modificada para produzir uma proteína que dificulta o desenvolvimento do vírus
Embrapa faz parceria com outros países no combate à Aids
Pesquisa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) aponta mais de 600 mil novos casos da doença em 2018. Para auxiliar no tratamento, governo anunciou nesta sexta-feira (2) a entrega de novos equipamentos de radioterapia para hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS)
Ministério da Saúde destina novos equipamentos de radioterapia para tratamento do câncer

Governo digital