Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 01 > Anvisa começa a inspecionar fábricas de próteses de silicone no Brasil e no exterior

Saúde

Anvisa começa a inspecionar fábricas de próteses de silicone no Brasil e no exterior

por Portal Brasil publicado: 11/01/2012 15h59 última modificação: 29/07/2014 09h10

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vai começar a inspecionar no mês de janeiro 21 fábricas de próteses mamárias no exterior e três no Brasil. O órgão também vai passar a inspecionar, lote por lote, todas as marcas de prótese mamária que entram no País.

As medidas serão apresentadas nesta quarta-feira (11), durante reunião com representantes da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da Sociedade Brasileira de Mastologia. O objetivo é discutir como será feito o atendimento a mulheres que usam implantes mamários da marca francesa Poly Implant Prothese (PIP), que usou silicone industrial na fabricação dos implantes. Será feito contato pessoal com todas as mulheres que notificaram ruptura de próteses da marca.

Outra ação a ser apresentada pela Anvisa nesta quarta-feira é a criação de um banco de dados para próteses mamárias, semelhante ao que já existe para próteses ortopédicas. O órgão pretende ainda criar um cadastro nacional para usuárias de próteses mamárias, que ficará disponível no próprio site da agência. Devem ser discutidos ainda casos de mulheres com implantes mamários feitos com a marca holandesa Rofil, que comprou próteses fabricadas pela PIP.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia. Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Museu da Vida da Fiocruz, no Rio de Janeiro, apresenta uma programação especial em homenagem à Semana Nacional dos Museus
Fiocruz participa da Semana Nacional dos Museus com uma série de atividades
Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação de leite materno com slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"
Campanha do Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno
Governo decretou fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional para o vírus zika e a microcefalia.  Medida ocorre após queda na ocorrência dos casos do vírus no País.
Governo decreta fim da Emergência Nacional para o vírus zika e microcefalia

Últimas imagens

O laboratório público Bio-Manguinhos/Fiocruz produz cerca de 6 milhões de doses mensais da vacina
O laboratório público Bio-Manguinhos/Fiocruz produz cerca de 6 milhões de doses mensais da vacina
Divulgação/Ministério da Saúde
Percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente deve aumentar em no mínimo 17,8%
Percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente deve aumentar em no mínimo 17,8%
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
Índice de reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato
Índice de reajuste pode ser aplicado somente a partir da data de aniversário de cada contrato
Arquivo/Agência Brasil
Produtos da Cosmed também são fabricados pela Brainfarma, responsável pela linha de produção
Produtos da Cosmed também são fabricados pela Brainfarma, responsável pela linha de produção
Divulgação/Ministério da Saúde
Desde o dia 17 de abril, a vacina contra a gripe está disponível nos postos
Desde o dia 17 de abril, a vacina contra a gripe está disponível nos postos
Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital