Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 01 > Contêineres com lixo hospitalar retidos em Pernambuco retornarão aos EUA no final do mês

Saúde

Contêineres com lixo hospitalar retidos em Pernambuco retornarão aos EUA no final do mês

por Portal Brasil publicado: 05/01/2012 17h30 última modificação: 29/07/2014 09h10

A devolução, para os Estados Unidos (EUA), de dois contêineres retidos no Porto de Suape, em Recife (PE), com cerca de 46 toneladas de material hospitalar foi adiada para o dia 21 de janeiro. A empresa Hamburg Süd, responsável pelo transporte do material, solicitou documento às autoridades dos EUA negando que a carga será recusada ao chegar em solo americano.

A Alfândega do Porto de Suape já solicitou a documentação à Aduana Americana e ao Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos. A empresa Hamburg Süd terá, porém, que também enviar a confirmação para a matriz da companhia na Alemanha, o que atrasará o envio.

Interdição

O material com lixo hospitalar de origem norte-americana está interditado no Porto de Suape desde outubro. A empresa Na Intimidade, responsável pela importação do material dos Estados Unidos, irá arcar com os custos da devolução.

Para fraudar a Alfândega Nacional, a Na Intimidade declarou às autoridades brasileiras que importava tecido de algodão com defeito. Os contêineres passaram por inspeção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) após constatação de que o valor declarado pelo importador não era compatível com o volume e o tipo de carga. Constatou-se, então, que a importação era referente a lençóis sujos com manchas de sangue com logomarca de vários hospitais norte-americanos e dejetos biológicos.

 

Fonte:
Anvisa

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Base integra informações dos sistemas de medicamentos dos estados e municípios
Consumo de medicamentos de cada estado e município, proximidade da data de vencimento e outras perguntas serão respondidas com a criação de uma base que integra as informações dos sistemas de estados e municípios ao sistema nacional
Medicamentos biológicos são produtos inovadores para o tratamento de doenças crônicas, como câncer, diabetes, artrite reumatoide e esclerose múltipla
Fábrica de medicamentos biológicos é inaugurada no DF
Recursos serão distribuídos entre 48 hospitais das cinco regiões
Governo libera R$ 220 milhões para hospitais universitários de todo o País
Consumo de medicamentos de cada estado e município, proximidade da data de vencimento e outras perguntas serão respondidas com a criação de uma base que integra as informações dos sistemas de estados e municípios ao sistema nacional
Base integra informações dos sistemas de medicamentos dos estados e municípios

Últimas imagens

Soro
Divulgação/Prefeitura de Campo Verde (MT)
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
País vai tratar 657 mil pessoas a partir de 2018. Pacientes com quadros mais grave da doença terão prioridade
Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital