Você está aqui: Página Inicial > Saúde > 2012 > 01 > Empresa informa que recolheu produtos ortopédicos identificados pela Anvisa

Saúde

Empresa informa que recolheu produtos ortopédicos identificados pela Anvisa

por Portal Brasil publicado: 27/01/2012 11h25 última modificação: 29/07/2014 09h10

A empresa Biomecânica Indústria e Comércio de Produtos Ortopédicos Ltda. informou, por meio de nota, que recolheu os produtos identificados na resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada na quinta-feira (26) no Diário Oficial da União, que determina a suspensão, em todo o País, da distribuição, comercialização e implantes de 156 produtos ortopédicos.

De acordo com a Anvisa, a suspensão dos produtos é resultado do Programa de Monitoramento Qualidade de Implantes Ortopédicos, iniciado em 2010. O programa monitora produtos, com análises que contemplam ensaios químicos, análise visual, ensaio metalográfico e dimensional, esfericidade, e rugosidade. O tipo de análise é definido de acordo com as características do produto.

A Anvisa informou que os resultados das análises indicaram a necessidade de uma inspeção fiscal à empresa fabricante dos produtos e de análise em laboratório dos implantes coletados. Segundo a agência, o resultado da análise laboratorial motivou a ação cautelar. A Anvisa vai publicar um alerta dirigido aos profissionais médicos com orientações técnicas.

Segundo a diretoria da empresa, os produtos investigados pela agência correspondem a menos de 0,05% dos produtos suspensos. “A exigência citada na resolução é uma medida preventiva da Anvisa, não repercutindo ao público usuário, uma vez que todos os produtos já haviam sido recolhidos anteriormente”, diz a nota.

Em relação a ausência de risco sanitário, a empresa esclareceu que entre a inspeção ocorrida nos dias 9 e 10 de novembro de 2011 e a publicação da presente resolução decorreram-se 75 dias, “ou seja, caso existisse risco iminente à saúde pública a ação da Anvisa seria imediata”.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

Missão Transplante

Últimos vídeos

Crianças dão um show de conhecimento sobre a luta contra o Aedes aegypti
Aedes aegypti é transmissor de doenças graves, como a dengue, a zika e a chikungunya
Hospital da Bahia oferece tratamento completo contra o câncer
Hospital das Obras da Irmã Dulce, em Salvador, implantou radioterapia
SUS oferece tratamento para parar de fumar
Parar de fumar é uma decisão fundamental para a saúde, mas abandonar a dependência pode ser bem difícil
Aedes aegypti é transmissor de doenças graves, como a dengue, a zika e a chikungunya
Crianças dão um show de conhecimento sobre a luta contra o Aedes aegypti
Hospital das Obras da Irmã Dulce, em Salvador, implantou radioterapia
Hospital da Bahia oferece tratamento completo contra o câncer
Parar de fumar é uma decisão fundamental para a saúde, mas abandonar a dependência pode ser bem difícil
SUS oferece tratamento para parar de fumar

Últimas imagens

Em cada estado, foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento
Em cada estado, foram selecionadas três maternidades para receber a estratégia neste primeiro momento
Divulgação/Governo de Goiás
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Organização alertou ainda que o comércio ilegal de tabaco está agravando o tabagismo
Arquivo/USP Imagens
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Os preservativos são distribuídas pelo SUS gratuitamente em todo o País
Divulgação/Ministério da Saúde
O Soliqua é indicado para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico
O Soliqua é indicado para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico
Antonio Cruz/Agência Brasil
Ferramenta reduz custos, pois dá ao médico acesso ao histórico do paciente e evita exames ou consultas repetidas
Ferramenta reduz custos, pois dá ao médico acesso ao histórico do paciente e evita exames ou consultas repetidas
Foto: rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

Governo digital